11/12/2017

Destaque, Notícia

Leonardo Meneghetti se despede da BandRS

Após comandar pela última vez o programa Os Donos da Bola, na TV Bandeirantes, o jornalista publicou um post nas suas redes sociais. Na mensagem anuncia que está deixando o Rio Grande do Sul. Veja, na íntegra:

Hoje me despedi de Os Donos da Bola.

Na próxima segunda-feira conto as boas novas sobre meu futuro profissional no Grupo Bandeirantes. Estou empolgado com o novo desafio, que me levará à mudança de Estado. Já há alguns anos esta perspectiva de mudança de CEP estava no meu horizonte, afinal, atuo em uma empresa de porte nacional. Portanto, é o caminho natural.

Hoje quero falar desta minha trajetória como jornalista, âncora de debates esportivos, comentarista e repórter aqui na BAND. Começou lá em 1994, aos sábados pela manhã, quando o Bira Valdez e o Jorge Seadi Jr. colocaram-me para apresentar o Band Esporte Show ao lado do José Evaristo Villalobos, o Nobrinho. Em novembro de 95 surgiu o lendário Camisa 10, comandado pelo Rogério Amaral e, na bancada, Meneghetti, Ribeiro Neto, Rodrigo Bruscatto e Antônio Augusto, com reportagens de Eduardo Moreno, Alexandre Farina e Eduardo Gabardo. Nos bastidores, Serginho Schueller e depois Maria Lúcia Melão. Em fevereiro de 1999 eu e o Ribeiro passamos a apresentar o Esporte Total RS, que sucedia a versão nacional ancorada pela Cléo Brandão. Em 2001 surgiu o Toque de Bola que eu ancorava e tinha como debatedores Ribeiro Neto, João Carlos Belmonte, Luiz Fernando Záchia e Antônio Carlos Maineri. O editor? O monstro sagrado Paulo Pires!

Alguns anos depois o programa mudou de nome, passando a ser chamado de Jogo Aberto RS. Como comentaristas ou repórteres, passaram por aqui Vagner Martins, Gustavo Berton, Alexandre Praetzel, João Garcia, Filipe Gamba, Sérgio Couto, Cristiano Silva, Gabriel Cardoso, Carlos de la Rocha, e as meninas Débora de Oliveira, Taynah Espinosa, Christiane Matos, Mauren Freitas e Roberta Gabardo.

Muitos dos nomes acima também fizeram parte do programa que está no ar atualmente, Os Donos da Bola RS, inaugurado em abril de 2013. Por este espaço passaram ou permanecem Ribeiro Neto, Chico Garcia, Fabiano Baldasso, Daniel Oliveira, João Batista Filho, Homero Bellini Júnior, Luciano Davi, Filipe Duarte, Ayrton Ruschel, Luiz Carlos Reche, José Aldo Pinheiro, Bruno Ravazzolli, Matheus Trindade, Haroldo Santos, Saimon Bianchini, Eron dal Molin, Max Corrêa, Marcelo Salzano e Matheus D´Ávila. Sempre com o Paulinho Pires como nosso pilar, agora assessorado pela Rebecca Rosa.

Além de agradecer a todos nomes aqui citados – e aos que certamente esqueci – deixo meu afetuoso agradecimento à área técnica. Cito, in memoriam, Elói Piva, Bira Mello e Seu Claudinho, além de Washington, Serginho Gomes, Adolfo, Pinguim, Borjão, Malmann, Pedro Weber, Wanderlei, Mariozinho, Carrão, Tiago, Marcos Passos, Rogério Aguiar e Sérgio Giuno.

Ao longo destes anos na BAND-RS a atuação como jornalista proporcionou-me inesquecíveis transmissões nacionais, como repórter de rede, na equipe comandada por Luciano do Valle. Viagens a todos os cantos do mundo, duas missões internacionais na China que resultaram na conquista de um prêmio nacional, cobertura da Copa da França 1998 e uma centena de viagens com a dupla Gre-Nal, com destaque para a final da Libertadores 1995, conquistada pelo Grêmio. Na Rádio Bandeirantes ancorei o Jornal Gente com os comentaristas Affonso Ritter e Fernando Albrecht por mais de três anos. Debati e dei gargalhadas no Contra-Ataque com o Ribeiro e o maluco do Eron, apresentei também o Atualidades Esportivas e a primeira versão do Band Repórter. Agradeço à técnica da Rádio citando Joãozinho Carvalho, Edinho, Elisandro Pio, Baracy, Mafalda, Luciano Vargas, Dickson, Norival, entre outros tantos.

Fui colunista do METRO desde a estreia do impresso, em outubro de 2011, o que gerou alguns desafetos, fato normal a quem se posiciona. Meu abraço ao Maicon Bock, Valter Jr, André Mags, extensivo a todo competente time.

Foi muito legal pessoal.
Valeu a pena TAMBÉM ser comunicador e exercer jornalismo com este time.
A partir de segunda-feira tenho um novo caminho pela frente.
E então contarei as novidades e onde estarei.
Fraterno abraço,
Meneghetti”

Formado pela Famecos/PUC, Meneguetti passou pela Rádio Guaíba e RBS antes de chegar a Band/RS.

181

 

Recomendados