Sem Estúdio entrevista Marcelo Carvalho, fundador do Observatório do Racismo no Futebol

93
COMPARTILHAR

Nesta terça-feira (15), às 19h, o “Sem Estúdio”, produção do Editorial J, Laboratório Convergente do Curso de Jornalismo da Famecos da PUCRS, entrevista Marcelo Carvalho, fundador do Observatório da Discriminação Racial no Futebol. O programa semanal de entrevista coletiva, realizado por alunos de jornalismo. A iniciativa tem o objetivo de monitorar e divulgar, através de seus canais, os casos de racismo no futebol, assim como ações informativas e educativas que visem erradicar a intolerância que tanto macula a democracia das relações sociais.

A transmissão acontece na página do Facebook do Editorial J e o público pode mandar suas perguntas nos comentários para serem lidos no ar. Os alunos da Famecos estão entre o 2º e 4º semestre do curso. O episódio desta semana é o terceiro da atual temporada, que tem como temática os “Direitos Humanos”. Na primeira temporada, a pauta foi o jornalismo, entre os entrevistados estão Isabel Vincent (New York Post), José Roberto de Toledo (revista Piauí), Pedro Dória (Canal Meio) e Marcelo Canellas (Rede Globo). Todas as entrevistas estão disponíveis para serem assistidas no Facebook do J. O Sem Estúdio alcança, em média, mais de duas mil pessoas em cada uma das suas edições através da rede social.

Como forma de integração com outros centros de ensino, o programa já recebeu estudantes da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Universidade Federal do Cariri (UFCA – Ceará), Universidade de Brasília (UnB), Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Universidade Federal de Pelotas (UFPEL), Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro – Paraná), Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF – Minas Gerais) e Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Há nove anos, o Editorial J recebe estagiários e alunos voluntários dos mais variados semestres, que produzem, diariamente, conteúdos em diversas linguagens e plataformas. Neste período, o grupo já conquistou 27 prêmios de jornalismo regionais e nacionais. A produção pode ser encontrada no site e nas redes do @editorialj.