Nilo Frantz Medicina Reprodutiva lança websérie sobre Congelamento de Óvulos

164
COMPARTILHAR

Com o objetivo de trazer um olhar humanizado e conscientizar as mulheres sobre o que é o congelamento de óvulos, procedimento que auxilia na preservação da fertilidade feminina, a Nilo Frantz Medicina Reprodutiva lança a websérie Congelamento de Óvulos: preserve suas possibilidades. A série traz o relato de Fernanda Robin e Joana Chagas, enfermeiras da clínica que inverteram seus papéis e se tornaram pacientes do procedimento, realizado pela especialista em reprodução humana, Dra. Simone Mattiello.

A ideia surgiu da vontade de Fernanda Robin, 37, que já é mãe de um menino de 7 anos, e postergou a ideia de ter outros filhos por estar ainda focada em sua carreira profissional e no seu doutorado. Assim, como acontece com as pacientes, ela também decidiu congelar seus óvulos para preservar sua fertilidade e ter a possibilidade de uma nova gravidez.

Diferentemente dos homens que são férteis por um longo período da vida, as mulheres nascem com um número exato de óvulos, e a quantidade e a qualidade caem drasticamente ao chegar aos 35 anos. Por isso, a ideia da websérie é conscientizar as mulheres que a fertilidade feminina tem um prazo de validade, e que o congelamento de óvulos é uma forma de “driblar ” o relógio biológico e permitir que a mulher possa escolher  SE e QUANDO quer ser mãe.

Já outra personagem da websérie é a enfermeira Joana Chagas, 36 anos, que ainda não tem filhos, e também viu no congelamento de óvulos, uma possibilidade de escolher o seu melhor momento de ser mãe.

Diante disso, a Nilo Frantz Medicina Reprodutiva viu a oportunidade de documentar  o dia a dia das mulheres que vivenciam este tratamento, e mostrar os desafios, sentimentos e toda a emoção de quem passa pelo processo de congelamento dos gametas.

Segundo Cecille Felippi, coordenadora de marketing da Nilo Frantz, a websérie tem como  objetivo sensibilizar e conscientizar as mulheres sobre a importância do congelamento de óvulos para a preservação da fertilidade feminina, um assunto ainda pouco falado.“Nada melhor do que aproveitar casos reais, de nossas próprias profissionais, para provocar uma conversa e uma reflexão sobre o assunto que ainda é considerado tabu. E paralelamente a websérie, criamos também a  campanha Partiu Congelar? democratizando o acesso ao tratamento através de descontos, e maiores facilidades de pagamento”, comenta Cecille.

Com produção da Maestro Filmes, e direção do time de marketing da Nilo Frantz Medicina Reprodutiva, a websérie de 5 capítulos foi realizada em 4 meses, e teve mais de 100 horas de gravação.

Confira os demais episódios no link 

Ficha Técnica
Produção
Cecille Felippi
Mariana Paz
Matheus Antoniolli

Participação
Claudia Rachewsky
Caroline Dutra
Fernanda Robin
Joana Chagas
Nilo Frantz
Simone Mattiello

Realização
Maestro Filmes
Gabriel Castro
Tiago Konrath
Vicente Medeiros