Estadão integra aliança internacional para discutir e fomentar o pensamento de produtos jornalísticos

183
COMPARTILHAR

Uma organização focada em servir à comunidade global emergente de profissionais de produtos jornalísticos foi lançada na última semana. Formada por um grupo de líderes da indústria de notícias que trabalham na intersecção de jornalismo, estratégias de audiência, negócios e tecnologia, surge a “News Product Alliance (NPA)”.

A iniciativa, que conta com a adesão do Estadão, é uma rede de apoio e prática para pensadores e gerentes de produtos no jornalismo com o objetivo de um futuro mais sustentável e ético para a indústria jornalística. Este novo grupo tem como objetivo oferecer oportunidades de treinamento, networking e desenvolvimento de carreira e elevar a disciplina de gerenciamento de produtos na indústria jornalística.

“Essa comunidade nasce globalmente”, comenta Luciana Cardoso, diretora digital do jornal brasileiro Estadão e membro do comitê gestor do NPA. “Ao incluir diferentes países e idiomas, ampliaremos nosso intercâmbio de conhecimentos e as carreiras individuais de produtos nas redações. Todos nós precisamos cada vez mais conhecer nosso público e criar produtos que atendam às suas necessidades, fortalecendo assim a entrega de conteúdo.”

Nae essas práticas se expandem pela indústria de notícias, muitos jornalistas e profissionais de produto estão buscando apoio adicional para aprender e adotar essas habilidades”.

A executiva comenta ainda que, ao reunir um grupo diversificado de profissionais de produtos jornalísticos de todo o mundo, a News Product Alliance facilitará a criação das melhores práticas de produtos para organizações jornalísticas e expandirá as oportunidades de colaboração. “Ao fazer isso, pretendemos ajudar pessoas de comunidades tradicionalmente marginalizadas a subir nos rankings das redações e a criar produtos jornalísticos que alcancem e atendam a públicos diversos com necessidades variadas”, finaliza.

O comitê gestor interino da NPA inclui profissionais de produto da Gannett, McClatchy, CalMatters, the Bay Area News Group, Google News Initiative e outras organizações, e está recrutando ativamente membros que podem aumentar a diversidade de origens, pontos de vista e nacionalidades representadas. A Escola de Jornalismo da Universidade de Missouri, a Escola de Pós-Graduação em Jornalismo da CUNY Newmark e a News Catalyst estão fornecendo apoio institucional inicial.