Crônicas, contos e reflexões em Agora Já Posso Revelar, novo livro de Flávio Dutra

505
COMPARTILHAR

“Agora já posso revelar”, quarto livro solo do jornalista Flávio Dutra, será lançado dia 26/08,  com sessão de autógrafos a partir das 17 h na área externa do Chalé  da Praça XV, Centro Histórico de Porto Alegre. Segundo o autor, o livro deveria se intitular De tudo um pouco, pois além das tradicionais crônicas que caracterizaram suas  outras produções, ele investe agora em contos, histórias curtas e encerra com uma série de reflexões inspiradas na quarentena pela pandemia. No total, são sete capítulos em mais de 200 páginas: Agora Já  Posso Revelar, que dá título ao livro,  Crônicas da Mesa ao Lado, Crônicas da Vida Real, Crônicas da Comunicação, Crônicas da Quarentena, Contos  da Mesa ao Lado e a série Histórias Curtas, encerrando com  Reflexões em Tempo de Pandemia.

Dutra  esclarece que o livro não  faz revelações escabrosas sobre os setores  onde atuou ou sobre companheiros com os quais  conviveu,  mas traz um conjunto de boas  histórias, a maioria delas verdadeiras, com os nomes dos personagens devidamente preservados. As inconfidências dizem respeito ao próprio autor no primeiro capítulo.
“Agora já posso revelar”, editado pela Farol 3, tem prefácio do jornalista e publicitário Paulo Motta e arte da capa e ilustrações de Vanessa Correa.

Formado em Comunicação Social pela UFRGS, em mais de 40 anos de carreira Dutra atuou nos principais veículos de comunicação do Estado, participou de campanhas políticas, presidiu a Fundação Piratini (TVE e FM Cultura), foi secretário de comunicação do governo estadual, da Prefeitura de Porto Alegre, superintendente de Comunicação da Assembleia Legislativa e assessor no Senado. Autor dos livros Crônicas da Mesa ao Lado, A Maldição de Eros  e Outras Historias e Quando Eu Fiz 69, integrou as coletâneas DezMiolados 1 e3, Todos Por Um, Confraria 1523 – Uma História de Parceria e Bom Humor, e foi coautor com Indaiá Dillenburg de Dueto- A Dois É Sempre Melhor.