Líder no setor calçadista investe em genética nelore para o Pantanal de MS

1847
COMPARTILHAR

O Grupo Grendene investiu na criação de touros nelore provados, tornou-se um dos maiores criatórios de reprodutores do Brasil e atingiu resultado genético capaz de atender a demanda de propriedades rurais, das mais diferentes regiões.

Os touros desenvolvidos pela marca são considerados ideais para o Pantanal, região que coloca os animais sob adversas situações e exige resistência genética e morfológica.

Depois de criados, recriados e provados no Pantanal de Cáceres, Mato Grosso, a Grendene apresentará 200 reprodutores aos pecuaristas da região de Corumbá, Mato Grosso do Sul, como alternativa para avançarem na produtividade e qualidade do rebanho. “É nítida a diferença quando se troca um boi, de boiada comum, por um touro PO, aprovado por diferentes programas de avaliação. A região pantaneira exige características específicas, que somadas ao desempenho reprodutivo, expressão racial e bons aprumos, fazem a diferença na rentabilidade”, destaca o diretor de pecuária da Nelore Grendene, Ilson Corrêa.

“Em mais de 40 anos de pesquisa e emprego de tecnologias, identificamos touros diferenciados, que foram selecionados, devido sua força e eficiência. Verificamos que esses animais dotavam genética superior em todas suas características reprodutivas”, explica o diretor.

A apresentação dos touros Grendene em Mato Grosso do Sul, será no dia 7 de julho, durante a 1ª Tecno Feira de Corumbá MS.