Irrigação é tema de workshop para jornalista

117
COMPARTILHAR

A área irrigada brasileira teve crescimento de mais de 51,9% entre 2006 e 2017. Mesmo com o crescimento apresentado o Brasil é um dos poucos países do mundo com capacidade de triplicar sustentavelmente sua área irrigada, o maior potencial de crescimento no mundo. No Brasil são mais de 7 milhões de hectares irrigados, o que corresponde a menos de 10% da área total de agricultura. Nos EUA são 26%. O potencial brasileiro é de pelo menos 30 milhões de hectares.

A irrigação é uma das principais tecnologias para incremento da produtividade agrícola com sustentabilidade do meio ambiente. É também um potente vetor de desenvolvimento socioeconômico. O uso deste tecnologia pode contribuir muito para a fixação do homem nas áreas rurais, levar emprego e renda para áreas hoje desprovidas de atividade econômicas relevantes.

“Mas o crescimento sustentável e organizado da área irrigada do Brasil exige alto nível de planejamento e articulação entre vários setores da economia e dos governos federal e estadual”, afirma o consultor e professor da Universidade Federal de Viçosa, UFV, Everardo Mantovani. Especialista em irrigação, ele diz que uma das razões para o pouco crescimento da técnica é a falta de conhecimento sobre os seus benefícios, por parte dos produtores. Complementando esta afirmação, Lineu Rodrigues, pesquisador da Embrapa, diz que esta informação passa, muitas vezes, pelos veículos de comunicação que precisam estar preparados para repassarem os conhecimentos com qualidade.

Pensando nesta questão a Associação Brasileira de Irrigação e Drenagem, ABID, e a Agropress Marketing e Comunicação, organizaram o Workshop de Irrigação para Jornalistas, que vai acontecer no dia 26 de maio, 19h30, via canal do youtube do Inovagri – youtube.com/user/inovagri. Importância da irrigação e da agricultura irrigada, mitos e verdades sobre a irrigação e agricultura irrigada e caracterização da irrigação e da agricultura irrigada, são alguns dos temas a serem tratados no evento.