CMPC colhe primeira área plantada pela empresa no Brasil

COMPARTILHAR
Foto Colheita Pantano Grande

Uma área de 97 hectares localizado no município de Pantano Grande, no Rio Grande do Sul, tem um significado importante para a CMPC, pois representa o primeiro cultivo feito sob responsabilidade da empresa no país, que coincide com a celebração de 10 anos de sua chegada no Brasil. Realizado em março de 2010, o plantio alcançou o ponto de corte com crescimento superior ao que normalmente é obtido – 53,94 m³/ha de IMA (Incremento Médio Anual), desempenho que valida o potencial da região e a excelência operacional da companhia.

“É um marco para nós, parte de nosso propósito ligado à economia circular. Essa colheita representa o fim de um ciclo produtivo e o início de outro. E além do ciclo produtivo, nas regiões onde atuamos, mantemos 42% das florestas conservadas, preservando 136 mil hectares de vegetação nativa”, afirma Mauricio Harger, diretor-geral da CMPC no Brasil.

Sobre a CMPC- A planta de Guaíba da CMPC faz parte do grupo chileno CMPC (Compañia Manufacturera de Papeles y Cartones) e produz celulose branqueada de eucalipto e papel para impressão e escrita. A CMPC é a maior fabricante gaúcha de celulose branqueada de fibra curta de eucalipto, com 90% da produção destinada à exportação, especialmente para a fabricação de papéis de higiene pessoal (tissue), entre dezenas de outros produtos de alto valor agregado. Este ano a empresa comemora 10 anos de atuação no Brasil. O grupo CMPC conta com mais de 17 mil colaboradores em 8 países. Outras informações no site http://www.cmpc.com.br