La Madre Talks aborda branded publishing e plubicidade interruptiva

241
COMPARTILHAR

Marcas devem atuar como publishers para criar conteúdos relevantes e atrair fãs. A avaliação é do diretor de criação da VICE, Rodrigo Noventa. Ele o convidado do terceiro episódio do La Madre Talks, um bate-papo do CEO e roteirista da La Casa de la Madre, André Castilho, com profissionais de primeira linha do mercado da Comunicação.

Na conversa, os dois abordam o futuro do conteúdo das marcas na busca por audiência e o desafio de criar conteúdos relevantes e atrair fãs por meio dobranded publishing, que é a evolução do branded content. Para Noventa, isso deve ser uma prioridade para as marcas. A construção, no entanto, é de longo prazo, pois é preciso criar uma cultura que favoreça o universo da marca. O ideal é que a mensagem e os valores do conteúdo sejam condizentes com o que a marca quer que o público entenda.

Outro assunto abordado por Castilho e Noventa é a publicidade interruptiva. Eles afirmam que o modelo que vingou até hoje não é mais aceito, principalmente pelas novas gerações. Hoje a publicidade de marca precisa estar integrada ao conteúdo e, neste contexto entra a atuação da marca como publisher.

O talk show é uma iniciativa de La Casa de la Madre. Uma conversa informal sobre os temas mais palpitantes do universo da Comunicação. No episódio de estreia, o bate papo foi com líder criativa do Facebook para América Latina e colaboradora do projeto +GRLS, Renata Decoussau. As edições são quinzenais e o conteúdo completo está disponível no canal do La Madre Talks no YouTube.