Trensurb apoia campanha máscara roxa, do Comitê Gaúcho ELESPORELAS

173
COMPARTILHAR

A Trensurb apoia a divulgação da campanha Máscara Roxa, do Comitê Gaúcho Impulsor ElesPorElas, integrante do movimento mundial da ONU Mulheres. As peças serão divulgadas nos monitores do Canal Você, disponíveis em trens e estações do metrô, e nos perfis da empresa nas redes sociais. Com diversos lançamentos regionais realizados por meio de eventos virtuais, a campanha foi lançada na Região Metropolitana de Porto Alegre no último dia 21. Seu objetivo é permitir que mulheres vítimas de violência doméstica façam denúncias em farmácias.

As farmácias participantes estão com o selo “Farmácia Amiga das Mulheres”, que serve para que as vítimas as identifiquem. Os atendentes receberam capacitação online para o procedimento e para garantir a segurança da vítima. Ao chegar na farmácia, a mulher deve pedir a máscara roxa, que é a senha para que o atendente saiba que se trata de um pedido de ajuda. O profissional dirá que o produto está em falta e pegará alguns dados para avisá-la quando chegar. Após, o atendente da farmácia passará à Polícia Civil as informações coletadas, via WhatsApp, para que o órgão tome as medidas necessárias.

A campanha foi motivada pelo aumento de casos de feminicídios no estado durante o período de isolamento decorrente da pandemia do coronavírus. Nos meses de março, abril e maio 28 mulheres foram assassinadas por questões de gênero, conforme dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado. Somente em abril, o aumento foi de 66,7% em relação ao mesmo mês do ano passado. Ao todo, de janeiro a junho deste ano, 51 mulheres morreram vítimas de feminicídio no estado.

Sistematicamente, a Trensurb participa de campanhas e atividades pela igualdade de gênero e o fim da violência contra as mulheres. Em 2013, a empresa formou um grupo de trabalho com o objetivo de discutir e expandir, no ambiente da Trensurb, a promoção da igualdade de gênero e a prevenção e o combate a todas as formas de violência contra as mulheres. No mesmo ano, a estatal aderiu ao Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça, iniciativa do governo federal que busca promover a igualdade de oportunidades e de tratamento entre homens e mulheres, e diferentes raças e etnias por meio do desenvolvimento de novas concepções na gestão de pessoas e nas culturas organizacionais. Em 2015, a empresa aderiu ao ElesPorElas e, em 2017, ao Comitê Gaúcho Impulsor do movimento.