OSPA recebe maestro polonês em concerto da Série Pablo Komlós

COMPARTILHAR
Série Pablo Komlós - Crédito: Maí Yandara

O polonês Tadeusz Wojciechowski, detentor de diversos prêmios como maestro e prestigiado por muitas casas de ópera  ao redor do mundo, é o regente convidado do concerto pela Série Pablo Komlós. No dia 31 de agosto, sábado, às 17h, ele conduz a OSPA com solos do pianista radicado na Alemanha Rafael Costa de Souza. A Casa da OSPA recebe a apresentação, que tem no programa obras de Bela Bartók (1881–1945) e Dmitri Shostakovich (1906 –1975).

Tadeusz Wojciechowski(regente – polonês) – Maestro e violoncelista,  estudou na Academia de Música de Varsóvia e aperfeiçoou as habilidades no Conservatório Nacional de Paris. Detentor de diversos prêmios como maestro e instrumentista, atuou em casas de ópera de prestígio por todo o mundo, incluindo a Metropolitan Opera, em Nova York, o Teatro La Fenice, em Veneza, o Teatro Carlo Felice, em Gênova, a Royal Opera, em Estocolmo, a Royal Opera, em Oslo, e a Ópera Real Dinamarquesa, em Copenhague. Apresentou-se em dezenas de países, incluindo Alemanha, Grã-Bretanha, Luxemburgo, Bélgica, Dinamarca, Noruega, Suécia, Eslovênia, Itália, França, Turquia, Estados Unidos, México, Colômbia e Japão. Seu repertório inclui mais de quarenta óperas, tendo sido agraciado pelo Ministério da Cultura e Patrimônio Nacional da Polônia pelo compromisso com a cultura.

Rafael Costa de Souza (piano-Brasil) – Rafael Costa de Souza iniciou seus estudos ao piano com Cynthia Geyer, sendo posteriormente orientado por Ney Fialkow no curso de bacharelado em música da UFRGS. Aperfeiçoou-se em festivais de música no Brasil (Campos do Jordão, Curitiba) com Ricardo Castro, Eduardo Monteiro, Sonia Rubinsky e Jean-Louis Steuerman entre outros. Radicado na Alemanha desde 2006, estudou com Peter Waas na Escola Superior de Música Franz Liszt em Weimar e posteriormente concluiu o mestrado em piano pela Universidade de Stuttgart, onde foi aluno de Kirill Gerstein. Realizou também em Stuttgart um segundo mestrado com ênfase em música de câmara sob orientação de Péter Nagy. Nesse período aprimorou-se em masterclasses de pianistas como Ferenc Rados, Lilya Zilberstein e Staffan Scheja. Em 2007 participou do Festival Bartók, em Szombáthely, na Hungria. Rafael foi premiado no 13º Concurso de Piano Arnaldo Estrella em Juiz de Fora, no Concurso Jovens Solistas da OSPA em Porto Alegre e no XIV Concurso Internacional de Piano Maria Campina, em Portugal. Apresenta-se regularmente em diversas cidades do Brasil e da Alemanha, mantendo parcerias musicais de longa data.

Concerto da Série Pablo Komlós | Porto Alegre
Quando: 31 de agosto de 2019, sábado, às 17h
Onde: Casa da OSPA (Centro Administrativo Fernando Ferrari (CAFF) – Av. Borges de Medeiros, 1501 – Cidade Baixa)
Maestro: Tadeusz Wojciechowski (regente – polonês)
Solista: Rafael Costa de Souza (piano-Brasil)
Classificação: 6 anos