Memória – Aniversário de Eva Sopher

367
COMPARTILHAR

Em 18 de junho de 2020, “Dona Eva”, como gostava de ser chamada, completaria 97 anos. Apesar de ter nascido em Frankfurt na Alemanha, gostava muito de falar que era “brasileira”. Eva Sopher teve sua cidadania reconhecida em 1950 e suas realizações durante os 44 anos que se seguiram, com certeza a tornaram uma das maiores empreendedoras culturais deste país.

Dona Eva assumiu em 1975 a direção do Theatro São Pedro, com o intuito de gerenciar as obras de sua restauração. Foram 9 longos anos de reconstrução com muitos desafios, que foram vencidos um a um. Após todos os esforços em prol do patrimônio histórico-cultural o prédio foi finalmente reaberto ao público em 1984, tornando-se referência cultural como uma das casas de espetáculo de melhor estrutura no Brasil. Em março de 1982 foi nomeada Presidente da recém-criada Fundação Teatro São Pedro, posto que ocupou até o final de sua vida, em 07 de fevereiro de 2018.

Em 23 de julho de 1985 criou a Associação Amigos do Theatro São Pedro, com o apoio de mais 17 amigos ligados à cultura. Num esforço conjunto, Eva Sopher e a AATSP desburocratizaram processos e promoveram a arrecadação de recursos de empresas privadas, como também, a formação de parcerias para o desenvolvimento das atividades da Casa, culminando com a realização do projeto por ela idealizado, o Multipalco Theatro São Pedro, hoje denominado MULTIPALCO EVA SOPHER, em homenagem à sua criadora .

Sem a obstinação e entrega de Dona Eva  e os agora mais de 1000 associados da AATSP, o cenário cultural do Rio Grande do Sul certamente não alçaria o importante destaque nacional no setor. Salienta-se a incansável busca por recursos e patrocínios para as obras quase conclusas do Multipalco, por meio de iniciativas pioneiras que elevam essa mulher à frente do seu tempo como uma das figuras mais emblemáticas e respeitáveis no Rio Grande do Sul e no Brasil. O projeto arquitetônico recebeu a Medalha de Ouro, no concurso: Teatros para o Terceiro Milênio, realizado em Praga, na República Tcheca, em 1999, concorrendo com outros 300 projetos. As obras foram iniciadas em 27/03/2003, no Dia Internacional do Teatro.

Por todo o trabalho realizado por Dona Eva em prol do Theatro São Pedro e do Multipalco Eva Sopher, a Associação Amigos do Theatro São Pedro agradece por meio desta justa homenagem à sua criadora.

Por: José Roberto Diniz de Moraes – Presidente Associação Amigos do Theatro São Pedro