Marcelo Delacroix faz show de encerramento do II Festival do Barro e 5ª Feira de Cerâmica Artística e Utilitária de Porto Alegre

COMPARTILHAR
Delacroix, Duas Marias, Gutcha Ramil e Fabricio Gambogi

Agendado para o próximo domingo, 10 de novembro, às 17h, no Vila Flores, o show de encerramento do Festival do Barro, com Marcelo Delacroix, é uma das recompensas da campanha de Tresavento, novo disco do artista. O crowdfunding (financiamento coletivo na plataforma Catarse) se encerrou no último domingo, 3 de novembro, alcançando a meta e viabilizando o projeto. A apresentação será gratuita, mas sugere-se contribuição espontânea para a organização do evento.

O II Festival do Barro foi um dos apoiadores do Tresavento, e participou da campanha adquirindo uma das recompensas oferecidas: um show ao vivo, com as músicas do novo disco. E não é à toa! O CD Tresavento (nome baseado no conto Tresaventura, do escritor João Guimarães Rosa) tem uma ligação muito forte com a cerâmica. Marcelo se considera um “aprendiz de ceramista” e faz aulas no Atelier de Cerâmica Kátia Schames, onde surgiu a ideia de fazer uma caneca de cerâmica, modelada e pintada a mão, com o nome do disco, como uma das recompensas da campanha. A influência foi tanta que toda a arte gráfica da capa e do encarte do disco foi inspirada na linguagem da argila e da cerâmica.

Marcelo Delacroix vai apresentar as músicas do novo disco. No repertório, estão as novas Milonga Moura e Ponta de Estoque, com letra de Jerônimo Jardim; História de nós dois e a faixa-título Tresavento, ambas em parceria com Leandro Maia; Folia do Divino, com letra de Rubem Penz; Tempo Bom, composta a partir de um poema de Tatiana Cruz; Dentro da Noite, com letra de Ronald Augusto; e Sem Palavras, em parceria com o compositor cearense Paulo Araújo. Além dessas, duas músicas instrumentais que completam o CD (Valsa da primeira estrela e Dança do Sonho); e uma pequena seleção das músicas de seus trabalhos anteriores, como Chove sobre a cidade, Amigo do Rei, Gente boa e Cantiga de Eira.

Ateliê de Cerâmica

Sobre o evento:
As práticas em torno da cerâmica sempre tiveram lugar no cenário da arte em Porto Alegre. Nos últimos anos foi possível perceber um incremento no número de espaços dedicados à produção e às reflexões em torno desta técnica milenar. Diante desta realidade estimulante nasceu a ideia de realizar periodicamente festivais e feiras como espaços de encontro, trocas de experiências e, principalmente, de divulgação da pulsante produção local e regional. Em novembro de 2018 foram realizados o I Festival do Barro e a 1ª Feira de Cerâmica Artística e Utilitária de Porto Alegre e ao longo deste ano aconteceram mais quatro edições da Feira.

Os eventos são organizados de forma colaborativa e visam compartilhar processos de pesquisa na área da cerâmica, divulgar e comercializar trabalhos produzidos por ateliês e artistas independentes do Rio Grande do Sul e de todo o Brasil.

A programação começa no dia 7 de novembro, quando diversos ateliês da cidade estarão de portas abertas para receber visitantes das 10h às 12h e das 14h às 16h. Ainda haverá uma visita dialogada à exposição De andar por aí!, que acontece na Pinacoteca Barão de Santo Ângelo (R. Senhor dos Passos, 248 – Centro Histórico), às 16h30min, com o artista e curador da mostra Carusto Camargo.

Dia 8 de novembro – SEXTA-FEIRA
9h – café da manhã colaborativo
10-12h – oficina raku microondas- Jaqueline Noleto
12-14h – almoço
14-15h – EPA – Ignez Borgese e Maria Aparecida Rodrigues –  palestra sobre o trabalho com barro desenvolvido com o pessoal de rua, albergues, abrigos.
14-20h30 – Work in progress – Mapoteca da Terra
14-16h – Oficina de construção de objeto coletivo através do uso de placas e suportes de vermiculita – Tânia Resmine
15-17h -Revelando fotoceramica- Tania Schmidt
15-16h – Vivência no torno – facilitadora Regina
16-17h – Arte Milenar em uma Visão Urbana – Susana C. Engobes
16-18h –  Vivência no torno – facilitadora kazue
17-18h- Tear humano e pintura de barro nos corpos e tecidos – Marcelo Chardosim e Vera Junqueira
18-18:30h – apresentação Tablado Andaluz
19h – Abertura da Disposição (exposição aberta de trabalhos autorais em cerâmica)
20h30- performance e música com Thaddeu

Dia 9 de novembro – SÁBADO
9h – café da manhã colaborativo
10-20:30h –  Work in progress – Mapoteca da Terra
10h-12h – Criação do painel cerâmico coletivo facilitadoras Michelle – Mima – Jacke e Nêmora
12-14h – almoço
14-20h – Feira
14-20h – Construção de forno de barranco, facilitadoras Márcia, Luciana e Juliana
14-15h – Workshop Torno para Iniciantes, facilitador Paulo Cunha
15-17h – Ação Doa-se, Adriana Daccache
15-20h – Oficina Amassa Escultórica (pão e cerâmica) Geodésica cultural
17-18h – Roda de Conversa com artistas precursoras da cerâmica em Porto Alegre
19-19:30h – Jéssica Prestes e alunas – apresentação dança
20-20:30h – Angelo – apresentação música clássica – viola

Dia 10 de novembro – DOMINGO
9h – café da manhã colaborativo
10-18h –  Work in progress – Mapoteca da Terra
10-16h – Queima em forninho portátil, Luciana Firpo
11-13h – Roda de conversa sobre o coletivo de cerâmica Bando de Barro, Adriana Daccache e Rodrigo Núñez
13-15h – Almoço de confraternização (churrasco coletivo 20,00pp)
15-17h – Roda de conversa sobre cerâmica Guarani com Vera Thaddeu e Mariana Cabral
17-18h – Show de encerramento com Marcelo Delacroix
* Para participar das atividades, não é necessária inscrição prévia, mas é aconselhado chegar com antecedência, pois o número de vagas em cada atividade é limitado. Sugere-se contribuição espontânea. Mais informações: barrofestival@gmail.com.

SERVIÇO
II Festival do Barro e 5ª Feira de Cerâmica Artística e Utilitária de Porto Alegre
Associação Cultural Vila Flores (R. São Carlos, 753 – Floresta)
Datas: 8, 9 e 10 de novembro de 2019
Horário: sexta e sábado, das 9h às 21h; domingo, das 9h às 20h
Ingresso: contribuição espontânea