Livro infantil de poemas recorda as brincadeiras antigas do século 20

COMPARTILHAR

Rememorar de forma lúdica a magia das brincadeiras do passado. Essa é a proposta da escritora Ilda Castedo, que lança, no dia 26 de maio, Bolso de Mochila, seu primeiro livro infantil de poemas ilustrados. A obra, editada pela própria autora, revive a simplicidade das brincadeiras que alegravam meninos e meninas na primeira metade do século 20, quando as crianças viviam em um mundo sem as transformações tecnológicas. Inspirada nas vivências da própria infância e nas dos afilhados e sobrinhos netos, Ilda convida os pequenos leitores a realizar uma viagem no tempo através da poesia e de 20 ilustrações montadas em papel que acompanham os textos. Bolso de Mochila ainda traz a temática dos animais da fauna brasileira, pouco abordada na literatura infantil nacional.

“Quero lembrar das crianças que ouviam dos fundos da casa o coaxar dos sapos no brejo, que pulavam corda no jardim, brincavam de roda, jogavam futebol de pés descalços no campinho do fim da rua e espreitavam pássaros nas árvores do quintal. Junto com seus cadernos e livros da escola, elas levavam nas mochilas suas bolinhas de gude, brinquedos feitos a mão e outros cacarecos sagrados. Imagino que os bolsos das mochilas das crianças de hoje também guardem objetos como celulares e tablets, mas sobretudo os ingredientes que atravessam gerações: os sonhos e as fantasias”, conta Ilda Castedo.

Lançamento: dia 26 de maio, as 10h30min
Local: Instituto Ling – Rua João Caetano, 440 – Porto Alegre-RSO Lançamento é aberto ao público e tem entrada gratuita. No evento, o público poderá ver um pouco dos bastidores do processo de produção, e como as ilustrações em papel existem antes das fotografias e da impressão dos exemplares.

 

 Crédito: Otavio Castedo