Fantaspoa anuncia premiére mundiais em festival Norte-americano

COMPARTILHAR
O Fantaspoa – Festival Internacional de Cinema Fantástico de Porto Alegre – anuncia o lançamento de dois longas-metragens que carregam sua assinatura na produção: “Skull: A Máscara de Anhangá” e “Antologia da Pandemia”. Ambas obras terão suas primeiras exibições mundiais no prestigiado festival de cinema fantástico Chattanooga Film Festival, que será realizado entre os dias 22 e 25 de maio, em versão online. Trata-se do primeiro grande evento de cinema fantástico a realizar uma edição totalmente virtual – apontando alternativas para o futuro dos festivais de cinema.
“Skull: A Máscara de Anhangá” é o aguardado segundo longa-metragem de Armando Fonseca e Kapel Furman (apresentadores do programa Cinelab) e foi realizado em co-produção com a Infravermelho Filmes e a Boccato Productions. Narrando a história de uma máscara pré-colombiana que, após possuir um corpo, inicia uma chacina na cidade de São Paulo, o longa  conta, em seu elenco principal, com nomes como Natallia Rodrigues (O Doutrinador), Ivo Müller (Hebe) e Ricardo Gelli (10 Segundos para Vencer).
“Antologia da Pandemia” é composto por filmes exibidos no concurso online que o Fantaspoa organizou para incentivar as pessoas a filmarem suas histórias relacionadas à pandemia durante a quarentena, em casa e com os recursos que tivessem em mãos. Somando 13 curtas-metragens, a antologia descobre e reafirma o talento de novos e veteranos cineastas que, com muita criatividade, contornaram as limitações impostas pela falta de recursos e capturaram um momento ímpar da história – que, se a humanidade tiver sorte, nunca mais se repetirá. O longa, cujos direitos de comercialização internacional foram adquiridos pela canadense Raven Banner Entertainment, será distribuído em território nacional pela O2 Play.
Ambos os filmes também estarão presentes, entre os dias 22 e 26 de junho, no Marché du Film Online, versão virtual do European Film Market, realizada pelo festival de Cannes.
TÍTULOS DA ANTOLOGIA
Às Vezes Ela Volta, de Matheus Maltempi (Brasil)
Baldomero, de Martín Blousson (Argentina)
Eclosión, de Alejo Rébora (Argentina)
Estúpidemia, de Junior Larethian (Brasil)
Jérôme: Um Conto de Natal, de Beatriz Saldanha (Brasil)
The Last Day, de Guillermo Carbonell (Uruguai)
A Mancha na Parede, de Daniel Pires (Brasil)
Pique Esconde Macabro, de Julio Napoli (Brasil)
Psicopompo, de Giordano Gio (Brasil)
Quarentena Sem Fim, de Fabrício Bittar (Brasil)
Roach, de Emerson Niemchick (EUA)
Strain Roulette, de Andreas Kyriacou (Chipre)
Unearthed, de Karl Holt (Reino Unido)