Centro de Oncologia do Hospital São Lucas recebe novo aparelho de radioterapia

163
COMPARTILHAR

Fruto da parceria com o Grupo Oncoclínicas, o Centro de Oncologia do Hospital São Lucas da PUCRS (HSL-PUCRS) acaba de receber um importante reforço em sua estrutura de radioterapia. Trata-se do acelerador linear Varian Halcyon®, aparelho de última geração com tecnologia que permite localizar e combater tumores com maior rapidez e precisão.

Fabricado nos Estados Unidos e inédito no Sul do Brasil, o novo equipamento possui o mais rápido sistema acoplado de verificação de imagens e conferência de posicionamento, tratando 100% dos casos com técnica guiada por imagens (IGRT). “Estes recursos tornam possível aliar segurança assistencial e conveniência para os pacientes”, afirma o médico radio-oncologista Fernando Obst, gestor da unidade. Imagens de alta definição realizadas no próprio equipamento de tratamento, hoje com maior rapidez, permitem visualização dos tumores e dos órgãos vizinhos à doença em poucos segundos.

O Centro de Oncologia do Hospital São Lucas da PUCRS, hoje gerenciado em parceria com o Grupo Oncoclínicas, foi lançado em novembro de 2019 e conta com uma unidade de quimioterapia com nove leitos. A Unidade de Radioterapia teve toda sua estrutura reconfigurada, foi modernizada e ampliada para o dobro da área física, para atender pacientes particulares, de convênios e do Sistema Único de Saúde (SUS). Contará ainda com tomografia computadorizada dedicada para os planejamentos de radioterapia, e disponibilizará de braquiterapia.

Para o diretor-geral do HSL, Leandro Firme, o primeiro ano do Centro de Oncologia foi de grande êxito. “Conquistamos resultados muito satisfatórios dentro daquilo que acreditamos ser um atendimento de inovação e excelência, acompanhando o que há de mais moderno no tratamento de câncer no mundo. O novo equipamento é um importante acréscimo ao nosso parque tecnológico e fortalece o robusto ecossistema de saúde do Hospital São Lucas, que está em constante modernização. Sem dúvidas, irá nos ajudar muito a localizar e combater tumores com maior rapidez e precisão”, salienta.

“O lançamento do novo aparelho de radioterapia consolida a união entre uma das melhores universidades privadas do Brasil e um dos maiores e mais respeitados grupos de oncologia, hematologia e radioterapia da América Latina”, afirma André Fay, médico oncologista, responsável técnico do Centro de Oncologia no Hospital São Lucas da PUCRS. A parceria reforça a referência do centro no tratamento do câncer no Rio Grande do Sul.

Importância para o cenário gaúcho- Com o anúncio da adoção desta avançada tecnologia para radioterapia de alta precisão, as duas marcas somam forças em um cenário cada vez mais desafiador quando o assunto é câncer. Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o Rio Grande do Sul deverá ter 46.060 novos casos neste ano, totalizando 138,1 mil até 2022. Apenas em Porto Alegre, serão 6.440 novas ocorrências/ano, chegando a 19.320 ao fim do triênio.

O Centro de Oncologia do Hospital São Lucas da PUCRS, hoje reestruturado, é referência do centro no tratamento do câncer no Rio Grande do Sul há décadas. O Grupo Oncoclínicas é formado por 68 unidades, ao todo, no Brasil, presente em 11 estados e, recentemente, renovou a parceria com o Instituto Dana-Farber, da Universidade de Harvard, em Boston (EUA), um dos principais centros de pesquisa e tratamento de câncer do mundo. A parceria com o centro americano acontece desde 2014, e se traduz em desenvolvimento de projetos colaborativos, transferência de conhecimento, intercâmbio de ensino e análise técnica de casos clínicos.

Live celebra novo aparelho e 1º ano de Centro de Oncologia
A apresentação oficial do novo acelerador linear ocorrerá no próximo dia 24/9, às 19h, durante uma live do Grupo Oncoclínicas que abordará os avanços da radioterapia no cenário oncológico. Na ocasião, também será lembrado o primeiro aniversário do Centro de Oncologia do Hospital São Lucas da PUCRS (HSL-PUCRS). Parceria das duas instituições, a estrutura recebeu no período mais de 32 mil pacientes. Desses, cerca de 4,2 mil receberam atendimento radioterápico.

O encontro virtual contará com o Diretor Nacional de Radioterapia do Grupo Oncoclínicas e Presidente da Sociedade Brasileira de Radioterapia, Dr. Arthur Accioly Rosa. Também estão confirmados o Diretor-Geral do HSL, Leandro Firme, o Diretor-Técnico do Hospital, Dr. Saulo Bornhorst, além do médico radio-oncologista Dr. Fernando Obst, gestor da Unidade de Radioterapia do complexo hospitalar.

Na ocasião, o Grupo Oncoclínicas ainda irá mostrar outro acelerador linear do mesmo modelo adquirido para sua Unidade de Radioterapia no Rio de Janeiro. Este aparelho será apresentado pelo gestor local Dr. Henrique Braga.

Aberta ao público, a live pode ser acessada pelo link:
https://cloud.netglobe.com.br/webcast/oncoclinicas2