BS Festival lançará a Fanzine Digital Lança e a Mostra TXYZ, do fotógrafo Haruo Kaneko

113
COMPARTILHAR

O BS Festival é reconhecido pelos projetos inovadores e as discussões que buscam tirar o público da zona de conforto. Seguindo seu DNA, o evento apresenta em sua programação duas produções inéditas: a fanzine digital Lança e a mostra TXYZ, do fotógrafo Haruo Kaneko. Tanto a revista digital quanto a exposição estarão disponíveis de forma gratuita ao público, entre os dias 24 a 27 de novembro, basta se inscrever no www.bsfestival.com.br

A Fanzine Digital Lança, uma revista online, reúne o trabalho de jovens artistas autodidatas com idades em torno dos 25 anos, apresentando o universo da arte, através da fotografia, do grafite, da ilustração digital, da tatuagem, entre outros. Sobre a iniciativa, Eduardo Guspe, curador da revista, destaca que se trata de uma plataforma de apresentação de novos talentos. “A Lança é um meio necessário de centralizar pessoas que estão fazendo acontecer em seu cotidiano, em suas cidades, apresentando sua arte que ocorre fora dos meios convencionais”. A pandemia de Covid-19 não impede que esses artistas se expressem mostrando a cultura vinda da periferia, que, segundo Guspe, “estão mais vivas e dentro da cultura mainstream do que as pessoas entendem”.

Crédito: Haruo Kaneko

Outra novidade é a exposição TXYZ, do fotógrafo Haruo Kaneko, considerado um dos profissionais mais provocantes e controversos da atualidade,  idealizador do projeto BRWax. A mostra irá retratar prints de imagens captadas pelo mundo, através de chamadas de vídeos. O artista trabalha em cima do fato de como as novas formas de relação humana, durante o período de distanciamento, afetaram a estética fotográfica. Conforme Eduardo Guspe, a exposição se trata de “uma possibilidade criativa de vanguarda, de usar todos esses programas que hoje existem e de todas as possibilidades de comunicação de uma forma criativa”. A obra trata de ressignificar as plataformas de vídeo chamadas e seus usos, sobretudo em um mundo impactado pela pandemia onde as pessoas se tornam cada vez mais reclusas em suas casas.

BS Festival – Em três anos são mais de 11 mil participantes, 22 hubs presenciais (pela cidade de Porto Alegre), 300 horas de conteúdo, público de 9 estados, 800 marcas e instituições presentes, além de 350 palestrantes. Passaram pelo BS Festival Karol Conka (cantora), Orkut Büyükkökten, Thalita Carvalho, Fabrício Carpinejar, Lau Patron (TEDx speaker), entre outros palestrantes nacionais e internacionais. Foi eleito em 2019 e 2020 um dos maiores e melhores festivais de inovação do Brasil, segundo os portais Terra e Projeto Pulso.

Realização
BS Project e Grupo Austral

Lei de Incentivo
Financiamento Pró-Cultura RS LIC e Secretaria da Cultura – Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

SERVIÇO
“Fanzine Digital Lança+ Mostra TXYZ por Haruo Kaneko”
24 a 27 de novembro de 2020
BS Festival
https://bsfestival.com.br/