Brechó do Futebol inaugura nova unidade no bairro Moinhos de Vento

186
COMPARTILHAR

O futebol voltou e com ele todo o consumo que o cerca. E um dos locais que se tornou referência para a cultura do esporte em Porto Alegre retomou suas atividades com uma grande novidade. O Brechó do Futebol (Rua Cel. Fernando Machado, 1188 – Centro Histórico) prepara o lançamento de sua nova unidade, no bairro Moinhos de Vento. Localizado na Rua Marquês do Herval (225), o pub abre suas portas em formato soft opening no próximo dia 12 de setembro (sábado), a partir das 16h. O empreendimento trará ao bairro toda a experiência que os torcedores da dupla Gre-Nal vivem há dez anos na Rua do Futebol.

Segundo André Zimermann, um dos nomes à frente do empreendimento, o novo Brechó funcionará neste primeiro momento, devido às restrições municipais, com ocupação máxima de 60 pessoas. O espaço de 250m2 tem dois andares e contará com 25 torneiras de chope, 12 telas para exibição de jogos e uma loja com mais de 3.500 camisetas de futebol do mundo todo. “Nossa expectativa de retorno em números é difícil de ser assertiva pelo contexto que vivemos, como as restrições de número de pessoas e horários, mas esperamos recuperar o investimento em um ano”, avalia.

O Brechó do Futebol iniciou suas atividades em 2010 como uma resposta a uma demanda que Zimerman e outros sócios — Andre Damiani, Carlos Caloghero e Otavio Uminski — compreendiam não ser contemplada. “Achávamos que a cidade de Porto Alegre, que respira futebol com clubes como Grêmio e Internacional, tinha a carência e a necessidade de um local para assistir as partidas e respirar a atmosfera do esporte”, pondera.

Já decisão de ampliar o atendimento e apresentar ao público essa nova opção no bairro Moinhos de Vento passa pela observação que apenas uma operação já não dava conta da demanda. “O bar lotava em dias de jogos da dupla Gre-Nal. Além disso, havia uma questão de público e relação com a região. Pela distância, muita gente, apesar de gostar da identidade do bar, não ia até o Centro Histórico. No Brechó do Moinhos, vamos reproduzir ao máximo toda a identidade e espírito da casa”,  conclui.