“1ª Mostra Umbu das Artes” vai exibir 14 produções audiovisuais de grupos teatrais na Cinemateca Capitólio, em Porto Alegre

COMPARTILHAR
Mostra Umbu das Artes Crédito: Umbu

Em uma iniciativa inédita, produções audiovisuais gaúchas criadas por grupos teatrais durante a pandemia irão ganhar a telona.  De 25 de novembro a 1º de dezembro, a 1ª Mostra Umbu das Artes vai exibir na Cinemateca Capitólio 14 obras produzidas para exibição pela internet, incluindo curtas, médias e longas-metragens. Também haverá atividades gratuitas, como debates e a instalação Edifício Cristal. As atividades marcam a estreia da Umbu – um coletivo de produtoras e artistas de teatro de Porto Alegre, que organiza o evento.

A programação terá sucessos de público e crítica, como A Mulher Arrastada9 Saias e Colapso: Terra em Chamas (25/11, 17h); Palácio do Fim e Ícaro – sobre o processo de criação (26/11, 19h); Invisíveis – Histórias para Acordar e Hipergaivota (27/11, 19h); Classe CordialA Vó da Menina e Desmedida Noite (28/10, 19h); A Fome e Derrota (30/11, 19h); e A Mãe da Mãe da Menina e 2068 (1º/12, 19h). Trabalhos que investigam sua relação com o cinema, desbravando o meio virtual como possibilidades de novas linguagens artísticas. Expressões das artes cênicas que, por meio de diferentes ferramentas, encontram a sala de cinema como janela de contato com o público, de forma segura e presencial.

#papoUmbu, que não terá cobrança de ingresso, vai tomar o foyer do segundo andar da Cinemateca Capitólio durante as tardes. As rodas de conversa vão unir profissionais de teatro e do audiovisual envolvidos nas obras da mostra, além de cineastas e desenvolvedores de plataforma para discutirem os processos, dificuldades e possibilidades de criação.

O PROJETO –   A 1ª Mostra Umbu das Artes nasce com a proposta de alimentar a perspectiva e o estímulo ao desenvolvimento das cadeias produtivas da cultura, das competências criativas e da formação de mercados, assim como de atender a um público que por muitos meses não pôde frequentar as salas de espetáculo.

Essa edição conta com produções que abordam diferentes temáticas, como direitos das pessoas com deficiência e idosos, memória e verdade, população negra, pessoas em situação de rua, mulheres, direitos humanos e segurança, proteção aos defensores de direitos humanos, direito à participação política, combate à tortura, situação prisional, democracia, saúde mental, cultura, liberdade e educação. O evento tem parceria com a Cinemateca Capitólio – Coordenação de Cinema e Audiovisual e Coordenação de Artes Cênicas da Secretaria de Cultura de Porto Alegre.

A UMBU –    Em março de 2020, quando os profissionais de teatro tiveram o próprio ofício paralisado pela pandemia, os artistas Adriane Mottola, Guega Peixoto, Lauro Fagundes, Letícia Vieira, Liane Venturella, e Sandra Possani se reuniram e iniciaram diversos encontros remotos provocados pela necessidade de entender o novo contexto em que o mercado das artes cênicas se encontrava, criando a Umbu como um espaço de trocas, apoio e crescimento.

PROGRAMAÇÃO
25/11, quinta-feira
17h – #papoUmbu (gratuito)
19h (classificação etária 16 anos) – A Mulher Arrastada (35min), 9 Saias (Cia. Stravaganza – 45min) e Colapso: Terra em Chamas (Centauro Produções – 25min)

26/11, sexta-feira
15h – #papoUmbu (gratuito)
17h (classificação etária 14 anos) – Palácio do Fim (Cia. Incomode-Te – 90min) e Ícaro – sobre o processo de criação (35min).

27/11, sábado
17h – #papoUmbu (gratuito)
19h (classificação etária 16 anos) – Invisíveis – Histórias para Acordar (Companhia de Solos & Bem Acompanhados e Casulo – Núcleo de Artes Performáticas – 39min) e Hipergaivota (Coletivo Errática – 50min).

28/11, domingo
17h – #papoUmbu (gratuito)
19h (classificação etária 14 anos) – Classe Cordial (Companhia Nômade e Companhia de Solos & Bem Acompanhados – 28min), A Vó da Menina (Projeto Gompa – 54min) e Desmedida Noite (Cia. Rústica – 40min).

30/11, terça-feira
17h – #papoUmbu (gratuito)
19h (classificação etária 16 anos) – A Fome (Cia. Espaço em Branco – 60min) e Derrota (Projeto Gompa – 35min).

1º/12, quarta-feira
17h – #papoUmbu (gratuito)
19h (classificação etária 12 anos) – A Mãe da Mãe da Menina (Projeto Gompa – 70min) e 2068 (Máscara EnCena – 53min).

SERVIÇO
QUANDO: De 25/11 a 1º/12 – horários na programação acima
ONDE: Cine Capitólio ( Demétrio Ribeiro, 1085 – Centro Histórico, Porto Alegre)
QUANTO: R$ 16,00 – pagamento somente em dinheiro, a bilheteria abre 30 minutos antes das sessões
DESCONTOS: meia-entrada para a classe artística mediante comprovação de registro profissional, municipários e aplicação de todos os descontos previstos em lei (pessoas com mais de 60 anos com carteira de identidade; pessoas com deficiência e um acompanhante, mediante cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da pessoa com deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional de Seguro Social (INSS); jovens de baixa renda com comprovante ID e doadores de sangue com carteira de comprovação).

EXIGÊNCIAS SANITÁRIAS PARA ENTRADA NA SALA DE CINEMA: apresentação de comprovante vacinal e uso de máscara.
Site: www.capitolio.org.br 
Instagram: @arte_umbu