Inteligência Artificial será tema na 14ª edição do FIC 2018

590
COMPARTILHAR

Entre os dias 25 e 26 de outubro a Inteligência Artificial será o tema em foco durante a 14ª edição do FIC – Festival de Interatividade e Comunicação. O evento é organizado pela Abradi-RS e conta neste ano com a parceria do Grupo Austral. O FIC 2018 acontecerá no Barra Shopping Sul e abordará eixos de tecnologia, inovação, negócios, comportamento e ética. Alguns nomes já estão confirmados entre os palestrantes, como André Torretta, Giordano Cabral, Fausto Vanin, Richard Lucht e Vinicius Soares.

A abordagem do FIC 2018 será voltada a refletir sobre como a Inteligência Artificial está transformando a vida das pessoas e de que forma ela funcionará na sociedade, além dos seus impactos éticos, morais e legais. Questões como o surgimento de novos empregos ou a escassez deles devido os novos recursos também serão destaques no evento.

O FIC 2018 terá como mote Exploring the Limits e a curadoria de Melissa Lesnovski (Aldeia e Diretora da Abradi-RS), Alessandro Cauduro (Huia e ex-presidente Abradi-RS) e Cesar Paz (empreendedor, ex-presidente da Abradi-RS e idealizador do movimento POA Inquieta). O formato do evento será com palestras, trilhas, exposições e, nessa edição, a possibilidade de vivenciar de maneira colaborativa e imersiva a interação homem-máquina, que caracteriza a Inteligência Artificial.

Sócio Fundador da “A Ponte Estratégia”, André Torretta possui mais de 30 anos de experiência em marketing e comunicação. Confirmado como um dos palestrantes do FIC 2018, o cientista político e comportamental já realizou mais de 50 campanhas políticas e colaborou com órgãos como o Banco Mundial. Torretta também foi o primeiro consultor de marketing com foco na Nova Classe Média, além de ser autor de livros como “E Agora, vai? Porque o Brasil será tão diferente em 10 anos e como tirar proveito disso”.

O professor do CIn/UFPE e vice-presidente do Conselho do CESAR, Giordano Cabral, é outro palestrante que integrará o time do festival. Cientista da Computação, ele ministrará a sua palestra em torno de questões como “computadores fazem arte?”. Giordano Cabral dedicou a sua carreira à pesquisa da inteligência artificial e às possibilidade que ela traz à composição musical e à criação artística. A palestra será um chamado para os criativos de profissão e alma, debatendo projetos como o europeu Flow Machines.

Para falar de “Blockchain e a Geração de Impacto Social”, o convidado do FIC 2018 é Fausto Vanin, empreendedor e criador de soluções que usam tecnologia para gerar impacto positivo. Vanin participa de organizações como Pøx, SuperGeeks Canoas, Acelera Impacto, OnePercent, Molho Secreto e WTF! School. Com uma palestra destinada a “todos seres vivos pensantes”, segundo ele, Vanin repassará conceitos de Blockchain, Novas Economias e Novas Organizações.

Já o Engenheiro Aeronáutico, professor e Sócio-fundador da Córtex – Inteligência Educacional, Richard R. Lucht, ministrará a palestra “From darkness to AI: uma experiência na gestão das redes públicas de ensino. O profissional acumula experiências como instrutor da Escola Brasileira de Ensaios em Voo e por 17 anos exerceu diversas funções acadêmicas e executivas na ESPM.

Há mais de 20 anos no mercado de Tecnologia da Informação e Comunicação, Vinicius Soares é outro nome já confirmado para o FIC 2018. Founder do AiNews Network e na Mais a.i., Soares é formado em Engenharia e possui MBA em Marketing, além de ser empreendedor e pesquisador em Inteligência Artificial para negócios. A sua palestra, “Estupidez Artificial: Bem-vindo a uma era de novos problemas (e oportunidades)”, estudará casos de fracasso para evitar que se repitam em novos projetos. A ideia, de acordo com ele, é “aprender com os erros para poupar tempo e recursos”. Ele abordará tópicos como segurança, riscos, ética e taxonomia para classificação de riscos em Inteligência Artificial.