Insights do Cannes Lions 2018: principais premiações e tendências

COMPARTILHAR

Porto Alegre recebeu na noite de terça-feira, 31 de julho, no Cinemark Bourbon Ipiranga, a primeira edição do Cannes Lions Road Show 2018. Alexis Pagliarini, diretor-superintendente da Federação Nacional das Agências de Propaganda (Fenapro), apresentou alguns dos principais cases vencedores, tendências e insights do último Cannes Lions, principal evento do setor que aconteceu de 18 a 22 de junho, na Cote D’ Azur, na França. Pagliarini começou falando sobre os inéditos prêmios brasileiros como o GP de Print “Tag Words” da agência Africa para Budweiser do Brasil e o primeiro GP da Grey com o case “Detector de Corrupção”, feito para o Reclame Aqui. Além dos cases de Coca-Cola, Estadão, Xbox, Microsoft, Apple e outros.

Pagliarini ressaltou o case de Burger King, criado em parceria com a agência David, que está adotando uma nova forma de comunicação com o ‘hackvertising’, que significa buscar situações de marcas concorrentes e usar na publicidade, adotando os fundamentos da cultura hacker. O termo ‘hackvertising’ foi lançado na apresentação do Fernando Machado, CMO da Burger King, este ano no Festival de Cannes e foi uma das palestras mais comentadas.

Também foi mostrada a série de comerciais “It’s a Tide Ad” do detergente Tide lançada no intervalo do Super Bowl que brincava com as roupas tipicamente brancas usadas em campanhas de sabão em pó. A ação premiou a Saatchi & Saatchi de Nova Iorque com o Grand Prix da categoria filme.

O presidente do Sindicato das Agências de Propaganda (Sinapro), Fernando Silveira, fez a abertura do evento, juntamente com Cado Bottega, da Associação Riograndense de Propaganda (ARP), que mostrou a campanha da entidade ‘Novas caras’ que visa aumentar o número de sócios. O sócio-diretor da agência Moove, Alberto Meneghetti, também deu sua visão sobre o Festival de Cannes, do qual participou, comentando sobre o novo formato mais enxuto.

O diretor-geral da Flix Media, maior empresa de publicidade em cinema do Brasil, Ivan Martinho, que é parceiro do Cannes Road Show, comemorou o crescimento da mídia cinema que subiu de 0,3% de participação no bolo publicitário para 3%, segundo pesquisa do Kantar Ibope Monitor. Martinho comentou que é única mídia que exige atenção exclusiva do expectador porque os celulares são desligados dentro do cinema.

O Cannes Lions Road Show também vai para Recife, Rio de Janeiro, Salvador e Belo Horizonte. A iniciativa é da Fenapro e Estadão e conta com apoio do FlixMedia.