Innovation Week: Como desenvolver skills para nova era?

COMPARTILHAR

Quem responde a pergunta é Soraia Schutel, empresária que estuda o comportamento humano no mundo moderno

“Precisamos formar seres humanos, não somente cérebros”. A  opinião é de Soraia Schutel, empresária, sócia-fundadora da Sonata Brasil, formada em Gestão e Administração, e estudiosa do comportamento humano no mundo moderno. “Não é somente na sala de aula que o aluno aprende. É viajando, é se frustando, é vivenciando”, disse na sua palestra na abertura da Innovation Week 2019, realizada pela Associação Riograndense de Propaganda (ARP) e pelo Grupo de Marketing do RS, em Porto Alegre.

Para Soraia, olhar para o ser humano é um caminho sem volta. “Ou a empresa desenvolve o lado humano ou a empresa está fora do mercado. As máquinas podem substituir tudo aquilo que é quantitativo, analítico e repetitivo, que é um trabalho do cérebro. Mas as máquinas não substituem a habilidade de trabalhar em equipe,capacidade de escuta e empatia. É um novo renascimento: colocar o ser humano no centro. Simples assim”, disse.

A espiritualidade e a diversidade também são tendências na opinião da estudiosa por que as pessoas estão em busca de auto-conhecimento e de novos valores. Quanto à diversidade, nada melhor do que misturar experiências de vida diferentes para obter resultados inovadores. A busca por mais sentido e mais qualidade de vida é um movimento global generalizado, segundo a estudiosa do tema.

Soraia também garante que prestar atenção nos significados dos sonhos também é um caminho que vem chamando atenção.