Fundação Iberê Camargo lança novo site, inaugura duas exposições e amplia programa educativo

COMPARTILHAR

A Fundação Iberê Camargo,  inaugura uma série de ações e atividades que dão continuidade ao seu processo de reposicionamento e ampliação de sua programação. A abertura de duas novas exposições – Iberê Camargo: formas em movimento e a coletiva Caixa Preta –, o lançamento do novo website da Instituição e a ampliação do programa educativo acontecem no dia 18 de agosto, sábado.

De 18 de agosto a 7 de outubro, a exposição Iberê Camargo: formas em movimento reúne obras do artista e apresenta um recorte panorâmico de sua produção por meio de eixos temáticos que acompanham sua trajetória, desde seus desenhos de criança até as obras mais expressionistas dos anos 1980 e 1990. Organizada pelo Acervo em conjunto com o Programa Educativo da Fundação, a mostra traz cerca de 80 obras – muitas delas expostas na Fundação pela primeira vez – que demonstram a versatilidade e de Iberê e a potência de sua obra. Apoiada em um amplo projeto educativo – que estabelece uma concepção expandida de curadoria, alicerçada em uma dinâmica colaborativa e interativa – a exposição permite que o público dialogue com o espaço expositivo, que será transformado em ateliê. Está prevista uma intensa programação de atividades paralelas, como oficinas, seminários e cursos com diferentes linguagens e diferentes idades e propostas, Serão duas ou mais atividades por dia aos finais de semana, que contemplam crianças, adolescentes, adultos e famílias

Com curadoria de Bernardo José de Souza, Eduardo Sterzi, Fernanda Brenner e Veronica Stigger, a coletiva Caixa Preta apresenta, de 18 de agosto a 14 de outubro, obras de cerca de 40 artistas – entre fotógrafos, poetas, arquitetos, cineastas e artistas visuais – como Augusto de Campos, Júlio Plaza, Carlos Fajardo, Eliseu Visconti, Chelpa Ferro, Iberê Camargo, Manabu Mabe, Mauro Restiffe, Nuno Ramos, Oscar Niemeyer e Waltercio Caldas. Usando como metáfora a caixa-preta dos aviões – que registram importantes informações que antecedem um momento crítico, ao mesmo tempo em que guardam outras informações banais –, a exposição reflete sobre a relação entre arte e mundo, entre algumas obras de arte e o atual momento político do país e do mundo, mas também entre essas obras e o sistema das artes. Dessa forma, a exposição reúne “caixas-pretas” muito singulares, a serem localizadas, abertas, interpretadas e reinterpretadas. Os curadores pesquisaram e investigaram diversas coleções e acervos, públicos, privados e pessoais, na busca por elementos sem visibilidade, de interesse relativo ou simplesmente esquecidos, no intuito de aprofundar questões presentes nas muitas “caixas-pretas” com as quais convivemos, sejam elas de teor histórico, acadêmico ou artístico.

A exposição vai contar com uma série de atividades paralelas, como o Seminário Sobre acidentes e caixas-pretas do passado, do presente e do futuro, em que historiadores, engenheiros, filósofos e outros especialistas analisam as relações entre arte, política, ciência e história.

O novo site da Fundação – www.iberecamargo.org.br – vai ao ar também no dia 18, mais dinâmico e rico em conteúdo. A partir do site, o visitante pode acessar facilmente diversos conteúdos, como as notícias mais recentes e o calendário de eventos como exposições, shows, cinema, cursos, seminários e oficinais. Um dos destaques do site é a coleção completa de gravuras produzidas no Programa Artista Convidado do Ateliê de Gravura, reunindo mais de 300 obras de mais de 100 artistas de renome nacionais e internacionais e que hoje integram o acervo da instituição. Uma seção destinada ao Programa Educativo possibilita uma comunicação mais ágil para o agendamento de grupos e a realização de atividades e oficinas.

Desenvolvido pela empresa carioca Tuut com contribuições do designer Pablo Ugá, o site traz também informações sobre vida e obra de Iberê Camargo, a Fundação e as exposições já realizadas – desde a primeira, em 1999, quando a Instituição ainda funcionava na antiga residência de Iberê –, além de materiais relacionados, como catálogos e materiais didáticos. O planejamento, a gestão e a edição de conteúdo foram realizados por Gustavo Possamai, Bernardo de Souza, Gabriela Magagnin e Lucas Pierozan, membros da equipe da Fundação. Com design responsivo (que se ajusta automaticamente a monitores, tablets e smartphones), o novo site é bilíngue (português e inglês) e  otimizado para facilitar o acesso de mecanismos de busca e possui integração com as mídias sociais, permitindo o compartilhamento fácil de informações.

Fundação Iberê Camargo – programação do fim de semana

Sábado, 18 de agosto
Das 14h às 19h – Abertura das exposições Caixa Preta e Iberê Camargo: formas em movimento e lançamento do novo site da Fundação www.iberecamargo.org.br

Às 15h – atividade para adolescentes e adultos: Desenho de Modelo Vivo – oficina quinzenal de desenho de modelo vivo com diferentes acessórios. A oficina propõe exercícios de observação e desenho de figura humana, tal qual Iberê realiza em seu ateliê. Local: Ateliê de Criação. Vagas: 12. Duração: 40min. Os participantes poderão se inscrever para uma ou mais datas, contribuindo com o valor de R$10,00 por aula As inscrições podem ser feitas pelo link: https://goo.gl/forms/98WroYPyyh5OMs552
Às 16h – atividade para jovens e adultos: Leitura dramatizada de contos do livro Gaveta dos Guardados, de Iberê Camargo. Local: sala de leitura, 3º andar. Vagas: 30
Às 16h – Conversa com os curadores da exposição Caixa Preta – Bernardo José de Souza, Eduardo Sterzi, Fernanda Brenner e Veronica Stigger. Local: auditório
Às 17h – 1º encontro do Seminário Caixa Preta – Encaixotando o Brasil: caixas pretas, caixas de Pandora e caixinha de surpresas da nossa história – palestra com o historiador Eduardo “Peninha” Bueno. Local: auditório

Domingo, 19 de agosto
Das 14h às 19h – Visitação às exposições Caixa Preta e Iberê Camargo: formas em movimento
Às 15h – atividade para famílias: Retrato de duplas (livre) – exploração das possibilidades da realização de um retrato utilizando a técnica do desenho, aliada aos sentidos táteis e visuais, investigando o vínculo afetivo e a memória estabelecida entre as duplas participantes. Vagas: 15 duplas, 30 participantes por inscrição prévia pelo link https://goo.gl/forms/DwvLOJnIVDniRGKk1
Às 16h – atividade para todas as idades: Conversando com Iberê –  Laura Castilhos, representando a Confraria da Ilustração, irá dialogar com o público sobre as ilustrações realizadas por Iberê no seu livro No Andar do Tempo. Vagas: 30 participantes, com inscrição prévia, pelo link https://goo.gl/forms/Sa9IobuOgQNeHfts2
Às 16h – Cine Iberê – Enigma de Um Dia (20min, 1996, Brasil) e O Pintor (48min, 1995, Brasil), de Joel Pizzini – sessão única e comentada pelo diretor Joel Pizzini. Classificação livre. Entrada franca por ordem de chegada. Local: auditório

Às 17h – atividade para todas as idades: De três em três: desvendando o Iberê – mediação na mostra Iberê Camargo: formas em movimento. A cada domingo, três obras de Iberê serão apresentadas contando aquilo que há por trás do quadro, as histórias, curiosidades, especificidades técnicas ou percursos e influências. A atividade se repete aos domingos, até o dia 16 de setembro, sempre com novas obras abordadas. Vagas: 15, com inscrição prévia pelo link https://goo.gl/forms/ceNW5fOfqsUNh97t1

Fundação Iberê Camargo – Avenida Padre Cacique, 2000
Visita virtual Google Artes & Culture – https://goo.gl/wYr75v
Entrada Franca