Exposição no Memorial do Rio Grande do Sul reúne trabalho de 44 fotógrafos sobre o IN-finito

423
COMPARTILHAR

O Memorial do Rio Grande do Sul inaugura no dia 5 de julho a Exposição IN-Finito, com trabalho de 43 fotógrafos gaúchos e um carioca.

Com a curadoria do arquiteto e artista plástico Anaurelino Barros Neto e do fotógrafo Jorge Aguiar, a exposição vem sendo construída desde 2016, a partir de um projeto de pesquisa de Anaurelino sobre o tema Infinito e Finito. Foram visitadas, além de vários estúdios dos fotógrafos, via redes sociais e examinadas mais de 5 mil fotografias para chegar à expografia.

“O IN-finito foi, muitas vezes, definido e visto como uma abstração, que vai da simbologia matemática ao indecifrável, ao inatingível, ao que chamariam de Uno. Já o Existencialismo define o homem como temporal, feito para morrer. Portanto, o Finito é tratado como o fim de tudo, desse modo o homem necessita encontrar um sentido para sua existência. Para François Soulages, fotografia contemporânea é uma articulação entre o irreversível e o Inacabável. Em IN-finito, que terá tem como convidado especial Francisco Marshal (Studio Clio), trataremos como algo que remete à solidão humana, à sensação de estarmos sempre sós”, explica Anaurelino Barros Neto.

Os artistas
Adriano Basegio, Alexandre Eckert, Alexandro Auler, Ana Rocha, Avani Stein, Beatriz Donelli, Bragança, Carlos Eduardo Vaz, Claiton Ferreira, Denise Wichmann, Douglas Fisher, Fernando Kluwe Dias, Fredy Vieira, Geraldo Markes, Gilberto Perin, Gutember Ostemberg, Guto Monteiro, Heloisa Da Costa Medeiros, Ivana Werner, Jorge Aguiar,  Josué Monteiro, Leandro Facchini, Leonardo Kerkhoven, Lucca Curtolo, Manoela C. Branco, Marcus Yung, Maris Strege, Nilton Santolin, Paulo Mello, Ricardo Fillipon, Ricardo Willrich, Roberta Amaral, Sergio Bohrer, Silvy Bertoja, Tiago Antoniazzi, Tiago Cjaques, Wander Rocha, Wanderley Oliveira, William Clavijo, Zé Andre e  Zezé Carneiro.

SERVIÇO
Exposição IN-finito | Curador: Anaurelino Barros Neto – Curador Ajunto: Jorge Aguiar

Abertura: 5 de julho | Quinta-feira | 18h
Local: Sala Multiuso do Memorial do Rio Grande do Sul – 2º andar (Rua 7 de Setembro, 1020 – Centro Histórico)
Visitação: 6 de julho a 19 de agosto | De terça a sábado, das 10 às 18h, e domingos e feriados, das 13h às 17h
Entrada gratuita

IN-finito – Roberta Amaral IN-finito – Marcos Jung
Destaque: Carlos Eduardo Vaz