Espetáculo infantil “Doralice, a menina descalça”, na Casa de Cultura Mario Quintana

COMPARTILHAR

Doralice  – Foto Gustavo Müller

Com indicações para o Prêmio Tibicuera de Teatro Infantil em 2016, entra em cartaz no Teatro Bruno Kiefer da Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ), a peça “Doralice, a menina descalça”, da Cia Vento Minuano e da Telúrica Produções. O texto de Juliano Canal, que tem a direção de Airton de Oliveira, já circulou pela Capital e pelo interior do Estado. O espetáculo foi selecionado pela Chamada Pública para a ocupação dos teatros da CCMQ e pode ser visto até 31 de março, sempre aos sábados e domingos, às 16h, com ingressos a R$ 30.

A peça conta a história da menina Doralice e de sua mãe, que vivem do trabalho de catação de lixo, o que não abala a criatividade da pequena, que conta e escreve histórias com seu amigo imaginário Ploc. Doralice sonha em ganhar um par de sapatos de presente no seu aniversário e, quando a mãe vai trabalhar, ela entrega uma carta lembrando isso. A menina se entretém em suas histórias com o amigo imaginário e termina entrando numa viagem no mundo encantado da sua fantasia e sonho, encontrando personagens dos mais variados.

Segundo o diretor Oliveira, para a montagem da peça a produção trabalhou com o orçamento apertado. A única verba usada foi a de recursos próprios e da doação de amigos e familiares através de uma “vaquinha” online. “Mas fizemos do limão uma limonada, pois como as personagens tiram seu sustento através da catação de lixo, partimos deste contexto para erguer o espetáculo. Os materiais usados para o figurino, cenário e adereços são todos reciclados”, conta.
Oliveira explica que desmontaram figurinos e estruturas para obterem a matéria-prima necessária. “Buscamos em nosso acervo tecidos, figurinos, adereços, aviamentos, madeiras, canos, ferros, tintas, entre outros materiais. As únicas coisas compradas foram alguns tecidos, cadarços, solados e saltos, adquiridos em um ‘lixão’ de sobras de fábricas de calçados”. Para o diretor, a busca por transformar materiais obsoletos ou mesmo lixo em peças da montagem provocou um momento de reflexão sobre a colaboração, interdependência, reuso, reciclagem, sustentabilidade, abstrações e possibilidades. “Esse é, na verdade, um espetáculo ecologicamente correto”, avalia.

FICHA TÉCNICA
Montagem: Cia Vento Minuano
Produção: Telúrica Produções
Elenco: Natasha Villar, Dejayr Ferreira, Paulo Favarin e Sandra Loureiro
Trilha sonora original: Gustavo Finkler
Iluminação: Nara Lúcia Maia
Cenário: Marcos Buffon e Sandra Loureiro
Figurino: Zelia Mariah
Texto: Juliano Canal
Direção: Airton de Oliveira

SERVIÇO
Espetáculo “Doralice, a menina descalça”
Quando: de 9 a 31 de março | Sábados e Domingos
Horário: 16h
Onde: Teatro Bruno Kiefer – 6º andar da CCMQ (Rua dos Andradas, 736)
Ingressos: R$ 30, com desconto através de compras nos sites Tchê Ofertas e Entreatos.