Co-produção Brasil-Alemanha estreia no teatro do Goethe-Institut Porto Alegre

COMPARTILHAR

Estreia em 30 de agosto no teatro do Goethe-Institut Porto Alegre o espetáculo Pátria Estrangeira/Fremde Heimat, uma co-produção Brasil e Alemanha, que possui elenco e equipe brasileiro e alemão e cumprirá temporada nos dois países. A montagem, uma coprodução da ATO cia.cênica, Primeira Fila Produções e Badisches Staatstheater Karlsruhe, tem financiamento pelo Kulturstiftung des Bundes em parceria com Goethe-Institut Porto Alegre.

Pátria Estrangeira/Fremde Heimat é uma direção e pesquisa de Mirah Laline, com pesquisa e texto de Jürgen Berger, construído em colaboração com o elenco, direção e equipe criativa e direção de dramaturgia de Jan Linders. No elenco, os brasileiros Philipe Philippsen, Camila Falcão, Martina Fröhlich, Karin Salz Engel e o alemão Thomas Prenn contam a história de descendentes de alemães no Brasil, em uma docuficcção. “Foi através de um resgate documental de cada um dos atores e seus antepassados, alguns deles vindos da Alemanha, que construímos este biodrama”, conta Mirah. A partir de uma pesquisa e resgate autobiográficos durante um workshop realizado no primeiro semestre deste ano em Porto Alegre, o autor Jürgen Berger, montou a base dos textos do espetáculo. Quatro atores e músicos brasileiros contracenam com um jovem ator de Karlsruhe, Alemanha. Temas como ancestralidade, gerações, memória, pertencimento, imigração permeiam questionamentos como é possível viver duas culturas ao mesmo tempo? Seria Pátria um instrumento do colonialismo? Que semelhanças existem com a recente onda de imigração no Brasil e na Alemanha?

Em Porto Alegre Pátria Estrangeira/Fremde Heimat estará em cartaz de 30 de agosto a 09 de setembro, com apresentações às 20h de quinta-feira a sábado e às 18h aos domingos, com ingressos a R$ 40,00. As vendas antecipadas iniciam em 15 de agosto pelo site entreatosdivulga.com.br.

FICHA TÉCNICA
Mirah Laline
| Pesquisa e Direção
Jürgen Beger | Pesquisa e Texto*
Philipe Philippsen – Camila Falcão – Martina Fröhlich – Karin Salz Engel – Thomas Prenn | Elenco
Mauricio Casiraghi | Vídeo e Projeções
Déh Dullius Figurinista
Rodrigo Shalako | Cenógrafo
Ricardo Vivian | Desenho de Luz
Lucas Dala-Lanna Design Gráfico
Janaina Vianna | Assistência de Direção
Pascal Berten| Tradução
Jan Linders Diretor de Dramaturgia do Badisches Staatstheater Karlsruhe
Roze Paz e Vinicius Mello | Produção Executiva
Bruna Paulin | Assessoria de Imprensa e Gestão de Redes Sociais
Daniela Mazzilli e Leticia Vieira | Coordenação de Produção
Primeira Fila Produções | Produção Brasil
ATO. Cia cênica | Coprodução Brasil
Goethe Institut Porto Alegre | Coprodução Brasil
Badisches Staatstheater Karlsruhe | Produção Alemanha
Kulturstiftung Des Bundes | Financiamento
* com a colaboração do elenco, direção e equipe criativa
Crédito da foto: Maí Yandara