Campanha da Satis explora ganho real na lavoura

796
COMPARTILHAR

Aumentar o ganho real na cultura de café não depende exclusivamente do quanto será produzido. Acima de tudo, a qualidade do fruto é fator decisivo nos números finais da lavoura. Este é o enredo da nova campanha da empresa Satis, explorando resultados práticos em plantações de Minas Gerais e Goiás conquistados com o uso de seus produtos. Intitulada Satis: nutrição vegetal que transforma, a ação começou já está em circulação, com peças divulgadas em veículos dos dois estados, além dos canais digitais da empresa mineira.

Os resultados empregados na campanha foram obtidos em fazendas de diversos tamanhos. No entanto, os cálculos de ganho consideraram uma dimensão de 60 hectares, que é o tamanho médio das plantações de café no Brasil. As peças trazem comparativos entre resultados com o uso de soluções Satis e o Padrão Fazenda, quando não utilizado nenhum produto da marca. Por exemplo, em uma propriedade localizada na Zona da Mata mineira, a qual recebeu aplicações do produto Fulland, foi registrado o aumento de 29% no ganho real – valor adicional de R$ 286,4 mil para média de 60ha, descontado a quantia investida no produto. O Fulland é uma solução Satis criada especialmente para o manejo da planta contra doenças.

Em outra fazenda do Estado, na cidade de Araxá, registrou-se a queda de 55% na incidência do “fruto passa”, assim chamado quando o fruto apresenta uma má formação específica. O saldo representou para o produtor o ganho adicional de R$ 17,6 mil/60ha. Nesta plantação, foi empregado o Mathury, solução desenvolvida para nutrir e promover importantes funções de metabolismo vegetal. O mesmo produto foi aplicado em uma propriedade de Cristalina/GO, que acumulou aumento de 34% no volume do “café cereja”, fruto que apresenta maior vigor em tamanho e índices de açúcar – ganho adicional de R$ 32,6 mil/60ha.

Ao explorar números como estes, a campanha pretende mostrar o potencial das soluções Satis, reforçando sua credibilidade junto ao mercado. “Estamos trabalhando sobre dados devidamente conquistados na lavoura com o emprego de nossos produtos. Desta forma, queremos destacar ao produtor o quanto podemos contribuir no aumento de seu ganho real”, comenta o Gerente Executivo da empresa, Endrigo Bezerra. Para isso, a Satis associa inovação, qualidade em produtos e capacidade técnica para melhor atender as demandas do cliente no campo.

Endrigo Bezerra ainda ressalta o compromisso da empresa em contribuir na produtividade da lavoura. “Resultado melhor não é opcional. Trata-se do objetivo central do negócio. Quanto mais saudável for a lavoura, mais frutos serão colhidos. Engajada neste foco, a Satis posiciona-se como maior aliado do produtor para manter e potencializar a saúde da planta”.

Além do café, a campanha terá novas fases voltadas a outras regiões e culturas, como feijão e soja. A criação ficou a cargo do Estúdio Nono, com inteligência e concepção da Eureka Insight e Estratégia.