Violeta chega ao mercado apostando em produção criativa

248
COMPARTILHAR

A produtora Violeta acaba de chegar ao mercado por meio da sociedade de Roberta Reigado, Gilberto Pires (Gibinha), Carlos Guedes (Cebola), Ale Sallouti e Mario Peixoto. Surgindo em um momento sensível, a missão da Violeta é empregar um olhar criativo para trabalhos em publicidade e conteúdo, em todas as áreas e fases da produção, seja na parte artística e de execução.

Com um  casting de diretores de cena de perfis distintos, a produtora aposta em diversidade, somando experiência e contemporaneidade. Fazem parte do time: Judith Belfer (ex-Untitled e Spray), André Vidigal (ex-Dogs e Fat-Bastards), Daniel Caselli (ex-Bossa Nova), Nicole Fischer (dirigiu filmes pela Mutato e Associados), Will Mazzola (Ex-Corazon), Amadeo Canonico (diretor pela Mutato e Associados), Bia Pinho (ex-Landia) e Vitória de Mello Franco (recém-chegada de Londres onde trabalhou na SHOWstudio).

“Além dos diretores de cena, temos dois produtores executivos, Gibinha e Roberta, que estão à frente no dia a dia da produtora, com perfis diferentes e complementares. Acredito que isso confere à produtora um entendimento melhor das possibilidades de cada job, necessidades e resultados”, afirma Mario Peixoto.

A Violeta também traz para seu casting de diretores, Wilson Mateos, que já foi VP e diretor de criação de algumas das mais importantes agências nacionais e internacionais, e que faz a sua estreia como diretor de cena, além de atuar como consultor criativo.

“Com as soluções para os briefings cada vez mais desformatadas, vai ser normal acompanhar as mentes criativas fluindo em diversos papéis. A informação está acessível e, se você é curioso o suficiente, basta experimentar e aprender. Hoje podemos ter todas as ferramentas nas nossas caixas”, comenta Wilson Mateos.

A produtora se lança ao mercado já com dois trabalhos em execução, um para a Fiat e outro para o canal Sony.

Antes de chegar a Violeta Filmes, Roberta esteve na Delicatessen e Bando. Cebola é ex- Piccolo e Your Mama. Já Gibinha atuou por muito tempo em agências como DM9 e Havas+, e recentemente estava ao lado de Cebola na Piccolo Filmes.