Reamp se adequa e contrata novos colaboradores de forma remota

382
COMPARTILHAR

A Reamp contratou e integrou 14 novos colaboradores de forma 100% online. Em virtude da rápida disseminação do novo Coronavírus, e antecipando-se ao decreto oficial do governo de São Paulo, que começou a valer no dia 24 de março e que determinou quarentena de 15 dias em todo o estado, a empresa, situada no coração da capital, em plena Avenida Paulista, resolveu dar as boas vindas aos recém-contratados de forma remota. Os novatos estão trabalhando de suas casas, no modelo “home office”, longe da sede da empresa e dos demais colaboradores, que também já estavam socialmente isolados, em suas residências, desde o último dia 16 de março.

Na unidade de Mídia e Audiência, os novos colaboradores são: Amanda Garcia (ex-Agência LVL), Brenda Lima (ex-Maria do Brasil), Fabiola Casarolli (ex-Positivo Informática), Hevandro Maggi (ex-Vitrio) e Mariana Nicolosi (ex-VMLY&R). Para a área de AdOps, braço da Reamp que opera campanhas de mídia online, os novos contratados foram Anderson Sabino (ex-Dentsu Aegis Network), Manoela Vomero (ex-PSafe Brasil), Pamella Mendes e Patrick de Oliveira. Para o setor de Business Inteligence da empresa, chegaram Bianca Vieira (ex-HavasPlus) e Mirella Mesquita (ex-iDigital). E, para o Estúdio de Criação, Rodrigo Almeida (ex-Salmão Digital). Também foram contratados Claudio Buniotto (ex-F/Nazca Saatchi & Saatchi), como backoffice; e Rodrigo Louro (ex-FootRock), como planejamento.

“Vamos integrar novos colaboradores em breve para o nosso Estúdio de Criação e para a área de AdOps, que vão começar neste início de abril. Assim como os demais, também conduziremos o processo de ‘onboarding’ remotamente, devido ao Covid-19”, adianta Luciana Cordeiro, gerente de Gestão de Pessoas da Reamp. “Durante o processo, apresentamos nosso propósito, nossa missão e visão e também os valores da empresa, assim como os nossos processos e a nossa cultura corporativa. Foi a forma que encontramos de acolhê-los, apesar desse momento delicado que o Brasil e o mundo enfrentam. O novo Coronavírus transformou rotinas. Uma delas foi a maneira como passamos a contratar e realizar os processos de onboarding”, completa. “Se voltássemos hoje para a nossa sede, não teríamos espaço para acomodar todos os novos colaboradores”, revela David Reck, CEO da Reamp. “Só demonstra como o ‘home office’ veio para ficar. Já praticávamos, porém, agora, com muito mais ênfase”, conclui.