No Dia da Árvore, Ford reforça seu compromisso com a preservação ambiental

173
COMPARTILHAR

A Ford aproveitou a comemoração do Dia da Árvore, 21 de setembro, em suas fábricas para reforçar os valores e iniciativas da marca voltadas à preservação do meio ambiente. Com ações que vão da coleta seletiva à produção de mudas para florestamento, a empresa é uma referência na indústria em sustentabilidade.

No Complexo Industrial Ford Nordeste em Camaçari, na Bahia, além de manter 2,4 milhões de m² de áreas verdes internas a empresa desenvolve um programa de florestamento que já produziu mais de 286 mil mudas e plantou mais de 353 mil árvores ao redor da fábrica. A unidade conta ainda com um Centro de Educação Ambiental que recebe anualmente milhares de estudantes e professores da comunidade para difundir conhecimento e práticas de conservação ambiental.

O mesmo cuidado é visto nas demais unidades da Ford no Brasil, a Fábrica de Motores e Transmissões de Taubaté e o Campo de Provas de Tatuí, no interior paulista. Em Tatuí, os 933.000 m² de áreas verdes servem de habitat para diferentes espécies da fauna local. Em Taubaté, a área preservada de 540.000 m² inclui um lago artificial com água reciclada que serve de refúgio e alimentação para aves nativas e migratórias.

Desde 2016 a Ford zerou o envio de resíduos para aterros sanitários em suas fábricas no Brasil e também promove o tratamento de insumos dos restaurantes para a produção de composto orgânico. Outro exemplo é a reciclagem da água utilizada nos processos industriais, que nos últimos quatro anos já reaproveitou cerca de 213 mil m³, o equivalente ao consumo anual de 970 famílias com até quatro pessoas.