GAD’ propõe movimento #MelhorNormal

COMPARTILHAR

A expressão “novo normal” se tornou onipresente nas discussões sobre o período pós-pandemia. Mas a consultoria de marca GAD’, por entender que o termo polariza o debate e não comunica o nível de mobilização necessária para operar as mudanças que o futuro exige, está propondo uma ressignificação do clichê, e convidando a sociedade a abraçar o “Melhor Normal”. Um movimento coletivo de engajamento e promoção de iniciativas representativas da necessária transformação rumo a um maior equilíbrio entre as pessoas, empresas, entidades e o ecossistema.

Centralizada no site www.melhornormal.com.br, a iniciativa, amarrada pela hashtag #MelhorNormal, oferece a possibilidade de download de um selo virtual customizável, com o qual os usuários das redes sociais podem marcar conteúdos, próprios ou de terceiros, que eles julguem estar contribuindo para a construção de um melhor normal.

O selo, que trará uma versão apenas com a expressão #Melhor Normal e outra na qual o termo é complementado pela frase “Eu me comprometo”, poderá marcar ações preexistentes ou novas, individuais ou coletivas.

A página também apresenta um manifesto e frases que buscam estimular o debate em torno de uma agenda de transformação. A campanha de divulgação conta ainda com ações junto a formadores de opinião e influenciadores digitais que tratam de temas alinhados a premissa do Melhor Normal.

“Como especialista em dar forma e sentido às marcas, sei quão importante é o call-to-action, o chamado à ação que toda mensagem deve fazer a sua audiência. Por isso proponho a ressignificação do clichê no qual se transformou o “novo normal”, trazendo para o centro do debate o conceito de #Melhor Normal. Mais do que um slogan ou frase de efeito, acredito que o #MelhorNormal possa ser um movimento capaz de trazer a consciência de quão importante é que cada um, enquanto indivíduos, cidadãos e profissionais, se comprometa com alguma iniciativa efetiva de melhoria. Para que assim possamos superar os desafios inéditos impostos pela pandemia com a garantia de mudanças concretas e inspiradoras”, explica Luciano Deos, fundador e CEO do GAD’ e idealizador da iniciativa.