Converse lança campanha “Descubra sua verdadeira cor” em parceria com jovens criativos

333
COMPARTILHAR

Em 2018, a Converse fundou o programa Converse All Stars, um ecossistema com foco em jovens criativos e, desde então, a marca vem dando voz a diversas pautas pertinentes por meio dessa comunidade. Neste semestre, a Converse criou uma campanha que promove visibilidade para quatro histórias inspiradoras de All Stars do Brasil, México, Chile e Peru. A campanha, criada em cima dos significados das cores, quer conectar e impulsionar o progresso da comunidade em que esses All Stars vivem e impactar seu público.

Assim como o icônico All Star serve como tela para ações criativas e que impulsionam ao avanço, o programa Converse All Stars visa quebrar as barreiras em direção ao progresso para a nova geração de gamechangers culturais no Brasil e no mundo. A marca tem como objetivo criar oportunidades de orientação, mentoria, comissão, financiamento e co-criação para jovens criativos e fortalecê-los em todo o mundo.

Dentro da campanha, cada cor tem um significado: vermelho é revolução; branco é comunidade; amarelo traz a criatividade; e preto representa o poder. A campanha mostra a descoberta de sua verdadeira cor pelo ponto de vista da profissão ou talento de cada um dos quatro All Star.

Enzo Carozzi – All Star brasileiro

O All Star brasileiro convidado para a campanha é o designer gráfico Enzo Carozzi. “Eu descobri minha verdadeira cor quando decidi viver de arte” conta. Enzo também será responsável pela pós-produção, conectando todas as mensagens, através de suas ilustrações com a sua identidade visual, incluindo elementos diferentes em cima de cada imagem dos outros personagens. Para essa pós-produção, o diretor e editor Matheus Pádua fará uma participação por trás das câmeras.

Para Diego Gaizka, do México, a cor vermelha simboliza a mensagem de que não há evolução sem revolução. Desde pequeno o estudante teve que buscar refúgio em diferentes espaços e aprendeu a ver suas verdadeiras cores. “Não consigo pensar na história sem relacioná-la com a revolução. A revolução significa uma mudança importante e inovadora, são confrontos de gestão entre aqueles que são calados e prósperos e aqueles que precisam de uma mudança. Se eu ver isso como movimento, eles seriam as voltas e reviravoltas e as diferentes interpretações que damos às coisas.”

A artista Camila Ramosa, do Peru, se comunicou por meio da cor branca que expressa a união de todas as outras cores. A All Star descobriu suas verdadeiras cores quando começou a perceber que pertencia a uma comunidade. “Para mim, comunidade significa ser capaz de respeitar e ajudar a tornar visível a identidade de todas as pessoas. Em uma comunidade tão forte como o LGBTQIA+, é importante proteger a todos, especialmente as pessoas que são ainda mais afetadas pela sociedade, como as pessoas trans. É por isso que tento criar espaços sem ódio dentro e fora do meu trabalho.” diz a estudante de cinema.

A cantora em formação, Erin Rutledge, do Chile, diz ter encontrado a verdadeira cor através da música. A cor que te representa é a amarela, que significa criatividade. “Encontrei minha verdadeira cor através da música e acredito que criatividade é sobre não ter limites para imaginar, se expressar dentro de uma área de amor e sentimentos em geral. Criatividade é ser autêntico, é ter coragem e é ter um gigantesco mundo de imaginação onde todas as variações são possíveis.”

Com a oportunidade de co-criarem trabalhos com a marca, os All Stars ajudam a definir o futuro da Converse. A abordagem visa aprimorar talentos criativos e amplificar suas vozes, colocando suas histórias como protagonistas. Os projetos All Stars definem novas possibilidades e provocam novas conversas sobre sustentabilidade, diversidade, inclusão e desenvolvimento da juventude – áreas onde o progresso é extremamente necessário hoje.

Como parte do programa All Stars, a Converse também patrocina diversos projetos em cidades- chave, que são especificamente focados em apoiar a ação de criativos emergentes de grupos sub- representados e de comunidades minimizadas. Ao financiar esses projetos e apoiar por meio de orientação durante o processo, a Converse visa quebrar barreiras culturais, criando mais oportunidades para os membros nos campos criativos, acelerando o impacto positivo individual e coletivo que cada All Star busca inserir em suas comunidades.