Como a Ambev transformou 324 toneladas de lixo em campanha 100% reciclável?

127
COMPARTILHAR

Uma semana após realizar o movimento #AjudeUmAbulante, iniciativa para reduzir o impacto do cancelamento das festas e blocos de rua na renda dos vendedores que não puderam trabalhar no Carnaval deste ano, a Ambev volta à mídia para mostrar o resultado de uma ação de sustentabilidade, que começou no Carnaval de 2020.

Entrou em veiculação nesta última quarta-feira (24), a campanha criada pela SunsetDDB sobre a parceria feita pela Ambev, no ano passado, com a ANCAT (Associação Nacional de Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis) para recolher o lixo dos principais blocos que saíram nas ruas de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador e Recife. A campanha conta com um curta de animação produzido pelo Zombie Studio a partir de lixo reciclável.

O lixo coletado de cerca de 26 milhões de foliões, que puderam sair às ruas em 2020, totalizou 324 toneladas de resíduos e material reciclável. Desse total, 127 toneladas de plástico foram transformadas em 2 mil lixeiras que estão sendo instaladas em Salvador e Recife. A iniciativa contou com a participação de 3 mil catadores. Para reforçar o conceito de sustentabilidade da Ambev, a SunsetDDB e o Zombie Studio tiveram a ideia de utilizar parte do lixo coletado no Carnaval para a produção do filme “Querido Lixo”, que contou com cenários feitos com reciclados como plástico e papelão.

O roteiro conta a relação entre um catador de materiais recicláveis e uma garrafinha plástica, jogada no chão durante a passagem de um bloco de Carnaval. O enredo e o nome do filme são um convite para repensar a forma como lidamos com o lixo, mostrando sua importância não apenas para os catadores, mas também para a construção de um mundo mais sustentável. E, para tornar essa mensagem uma realidade, todo o material usado no curta também será transformado em uma lixeira. A produção, realizada durante um período de três meses, é assinada pelo Zombie Studio e dirigida por Paulo Garcia.

“A continuidade do nosso projeto de Carnaval do ano passado, mostra o quanto é importante trabalharmos juntos na construção de um mundo melhor. Acreditamos que essa iniciativa é uma grande vitória tanto para nós como empresa, como para a sociedade”, comemora Rodrigo Figueiredo, vice-presidente de Sustentabilidade e Suprimentos da Ambev.

A animação começa com cenas de uma garrafa de plástico, que ganha vida dentro de uma fábrica. Depois que ela é jogada na rua por um folião, um catador a leva a um centro de reciclagem. No final, os dois personagens se reencontram, mas em um contexto diferente, com a garrafa em forma de lixeira na rua. O filme encerra com a mensagem de sustentabilidade da Ambev: “Algumas coisas são para sempre. A poluição plástica não pode ser uma delas.” A trilha também tem sons extraídos de materiais recicláveis coletados durante o Carnaval.

“Transformar o lixo em benefício para a população é algo grandioso. A maquete do curta não poderia ter outro destino que não fosse a reciclagem. O filme concretiza duas entregas, uma criativa que inspira e outra prática que acompanha a ação e transforma o cenário em lixeira. Foram 868 horas de trabalho, 65 profissionais envolvidos e muitos estudos de referência para chegarmos no stop motion”, explica Paulo Garcia, sócio e diretor do Zombie Studio

Sérgio Mugnaini, CCO (Chief Creative Officer) da SunsetDDB, diz que a campanha é um exemplo tangível de todo o compromisso de sustentabilidade da Ambev feito com a ação durante o Carnaval. “É, literalmente, uma campanha 100% reciclável. De uma ideia simples, que é o uso do próprio lixo para montar o cenário e personagens da animação, conseguimos apresentar os resultados obtidos pela iniciativa da marca e, além disso, contribuir com o objetivo de produzir uma lixeira com o próprio filme da campanha”, diz Mugnaini.

FICHA TÉCNICA
Agência: SunsetDDB
Título da campanha: Ambev #QueridoLixo
Anunciante: Ambev
CEO: Pipo Calazans
CCO: Sergio Mugnaini
Redator: Filipe Rosado
Diretor de Arte:  Felipe Revite
Social Media: Fábio Machado e Gabriela Campagnucci
Mídia: Marcelo Aquilino, Marina Ramalho
Atendimento: Cris Pereira, Bianca Bizello e Shirley Lacerda
Planejamento: Marcia Aguirre, Fabiana Ribeiro e Julia Aquino
Diretor Produção Audiovisual: Tais Caetano
RTV Producer: 
Moema Porro
Aprovação Cliente: Alexandre Costa e Mariana Taborda
Produtora: Zombie Studio
Direção: Paulo Garcia
Atendimento:
Stefanie Dias
Produção Executiva:
Natalia Gouvêa
Diretor de Criação: Daniel Salles
Diretora de Produção: Nayla Kols
Diretor de Arte: Anna Caiado
Animation Supervisor: Patrick Botton
CG Supervisor: Rafael Segnini Isaac Buzzola
Concept Art: Anna Caiado Katan Walker
Storyboard: Saulo Brito e Gabriel São Marcos
LookDev & Light Lead: Claudio Júnior
LookDev & Lightning:Thiago Peyon, Lucas Amaral, Claudio Júnior, Pedro Henrique Plácido, Giovani Kosowski e Ricardo Alves
3D Models: Tiago Oliveira, Mauricio Sampaio e Douglas Silva
Character e Prop setup e rigging: Danilo Pinheiro Wesley Oliveira
Animation:Patrick Botton, Tecles de Almeida, Bruno Santos, Fernando Bastos, Igor Machado, Lucas Barbosa e Leonardo Felix
Stop Motion Animation: Fábio Yamaji
Scene Layout e Assembly: Rafael Segnini, Wesley Oliveira, Isaac Buzzola e Wallan Oliveira
VFX: Gabriel Marcondes
Editor: Wesley Oliveira
Lead Compositing: Leanndro Amorim
Compositing: Danilo de Lucio, Marco Antonio, Rafael Chiavegatti, Thailiny Cruz, Vanessa Peroni, Leanndro Amorin e Isaac Buzzola
Camera Tracking: Leonardo Lino
T.I.: Gabriel Paixão Rodolfo Cultiz
Financeiro: Alessandra Cena
Color Correction: Psycho n’Look/Marcinho.abc
Diretores de Produção: Nayla Kols e Galileu Giglio
Produtores: Nayla Kols, Simone de Angelis e Joaquim Carriço
Direção de Fotografia: Lucas Andres Barreto
Dop Assist: Renato da Silva Fonseca Leitão
Motion Control: Andre Camargo de Souza
Assistente de Motion Control: Samuel Mariani
Set Design: Fábio Yamaji, Tamali Reda e Ana Barroso
Set Design Assistente: Ana Lucia Valentin, Lua Nucci, Marina Lima, Simone Pinheiro,Caca Veirano, Verô Poiani, Ligia Mie Jeon, Fábio Yamaji eTamali Reda
Logger: Wesley Oliveira
Gaffer: Ailton Hipólito da Silva e Douglas de Oliveira Silva
Set Structure e Grip: Daniel Francisco dos Santos
Produtora Áudio: Evil Twin Music
Direção e Produção Musical: Andre Faria, Murilo Faria, Andre Namur
Finalização áudio: Andre Namur e Rafael Vieira
Atendimento: Juliana Tangary e Carolina Couto