Cervejaria BELLAVISTA faz homenagem às origens e belezas do Rio Grande

COMPARTILHAR
Semana Farroupilha BELLAVISTA Crédito: Renan MAtheus

Genuinamente gaúcha e com 97 anos de história, a Bebidas Fruki, detentora da marca Cervejaria BELLAVISTA, faz através da mesma uma homenagem ao Rio Grande do Sul durante o mês Farroupilha. Com o tema “Orgulho de Verdade”, a campanha resgata as origens de ser gaúcho, e tem como destaque o poema nativista feito especialmente para a BELLAVISTA pelo músico, compositor e artista plástico Adriano Silva Alves, em parceria com o influenciador tradicionalista Chico Bastos.

Em um filme especial, as tradições e belezas do dia a dia do gaúcho no campo serão mostradas com um poema sendo declamado na íntegra por Chico Bastos. “Para nós, ser daqui é um orgulho de verdade. A Bebidas Fruki tem essa essência de valorizar a história e as relações que as pessoas têm com a nossa terra”, ressalta Júlio Eggers, Diretor Administrativo e de Marketing da Bebidas Fruki.

Com a abordagem “Orgulho de verdade é…”, as redes sociais da @cervejariabellavista vão buscar depoimentos de gaúchos para contar como vivem o orgulho pelo Rio Grande do Sul de diferentes formas, com a hashtag #orgulhodeverdade. E os clientes que fizerem a compra de 1 pack de cerveja BELLAVISTA (12 unidades) nos supermercados cadastrados na promoção ganharão uma tábua de churrasco personalizada. Para conferir o regulamento, acesse fruki.com.br

Você pode assistir, também, nas redes sociais da Cervejaria BellaVista:
Instagram: https://www.instagram.com/cervejariabellavista/
Facebook: https://www.facebook.com/cervejariabellavista/videos/1054016748700904

POEMA
Somos do campo, do tempo
Da forma de outro passado
Do pasto que engorda o gado
E faz crescer o país
Do rigor, de ser feliz
De cada nova conquista
Parte do mundo que avista
Além da própria beleza
Do campo, sua natureza
Com sonhos de bela vista.
Feito essa cena de campo
De pingos num parapeito
Dos sorrisos e o respeito
Campeiros,  depois da lida
De cada estância e a vida,
Da outra imagem do gado
Novo presente e o passado
Chapéu batido na testa
E um fim de tarde de festa
Bolicho, risos e o assado
E alapucha! Como é lindo!
De lenço atado e o destino
Na comunhão da indiada
Bolicho de alguma estrada
Mirada pra algum artista
Verdades que o campo habita
Nutre um país com respeito
Bem assim se faz o jeito
Da cerveja BELLAVISTA
Autoria Adriano Silva Alves e Chico Bastos