Boneco leva seu ventríloquo ao médico em campanha da Propeg

212
COMPARTILHAR

A halitose, ou mau hálito, embora não seja uma doença, é um problema delicado que mexe com a autoestima da pessoa e é capaz de afetar bastante suas relações sociais. Essa é a história por trás da campanha inusitada criada pela Propeg para o enxaguante bucal Halitus.

A ação conta com um divertido filme em que um ventríloquo acompanhado de seu boneco está em consulta médica, mas é o acompanhante quem relata ao doutor as situações que têm deixado o paciente (no caso, o ventríloquo) desanimado. Na peça, o boneco conta sobre os diversos momentos do dia-a-dia em que as pessoas se afastam do homem como: numa apresentação que faz em um bar, na conversa com o garçom no balcão, no táxi, na cama com a namorada, no confessionário com o padre, na fila do carrinho de cachorro quente, no ponto de ônibus. Ao ouvir o relato, o médico faz o diagnóstico que é uma revelação irreverente.

Intitulado “Ventríloquo”, o filme foi selecionado pela revista Lürzer’s Archive, a maior e mais prestigiada publicação mundial voltada à criação publicitária.

Ficha Técnica
Agência: Propeg
Cliente: HALITUS
CEO: Vitor Barros
CCO: Emerson Braga
Direção Executiva de Criação: Fabiano Ribeiro
Diretor de arte: Luiz Celestino
Criação: Emerson Braga, Rodrigo Bomfim, Bertone Balduino, Pedro Chequer, Ivo Adams
Mídia: Patrícia Seabra, Jamile Marques
RTV: Juliana Leonelli, Thais Leite, André Coni
Planner: Melina Romariz, Breno Carvalho e Luciano Alves
Produtora do Filme: Madre Mia Filmes
Produtora de Som: Lira Música
Diretora Comercial: Telma dos Reis
Diretor de Cena: Rafael Damy
Diretor de fotografia: Guille Musé
Produtor executivo: Edgard Soares
Produtores: Dudu Lima, Ana Paula Domingues
Pós-produção: Alexandre Fernandes
Assistente: Gabriel Leça
Edição: Alan Porciuncula
Finalização: Poliana Pompeo
Atendimento: Gisele Menezes, Michele Estevez, Poliana Andrade, Sarah Struijk, Marcio Espinosa
Motion: Willian Santos
Color: Osmar Junior
Som Direto: Felipe Pagnosin, Daiana Ribeiro
Maestros: Flavio Morgade, Dito Martins
Engenharia de som: Mateus Gageiro
Aprovação: Maurício Duarte da Conceição